Eu quero uma amiga no facebook

perdido no beco anota o teu número o teu endereço me dá de novo essa coisa que mulher dá sem preço! no fim do corredor a porta do teu quarto que eu quero fechar por dentro e depois me emaranhar e me esfregar e te tocar e decretar o fim DO TEMPO De uma hora para outra, uma mulher mexicana parece ser amiga de todo mundo no Facebook; veja detalhes do mistério ... Eu quero Cupom Americanas: primeira compra R$15 de desconto Eu acho que a maioria das pessoas no Facebook tem uma noção do custo de sair de lá. ... um parente com quem eu era amiga no Facebook procurou e começou a conversar com uma pessoa perigosa do ... Digo isso porque o Facebook é realmente uma das melhores redes sociais para pegar mulheres. Existem milhões delas disponíveis lá. Sempre tive amigas que eu queria sair mas não tinha tanto contato para abordar e mandar alguma mensagem. Foi aí que resolvi parar, pensar e pesquisar como paquerar no Facebook ou whatsapp. Como Cancelar uma Solicitação de Amizade no Facebook. Leia este artigo para saber como excluir uma solicitação de amizade indesejada no Facebook, seja ela recebida ou enviada por você. Esse procedimento pode ser realizado através do site... Como Remover uma Marcação no Facebook. Nós podemos marcar ou ser marcados por nossos amigos em fotos, vídeos, e status no Facebook. Às vezes nós somos marcados por engano ou marcamos a pessoa errada. Quando isso acontecer, você pode optar... Você, ao longo desses anos, tem sido sempre uma amiga muito leal, uma pessoa em quem eu realmente posso confiar. Por isso, só posso agradecer pela sua sincera amizade e retribuir todo o carinho e cuidado que você tem comigo. Mais uma vez, você ao meu lado quando eu tanto precisei. E é muito reconfortante saber que não estou sozinha. Gente, eu já expliquei de diversas maneiras aqui neste mesmo tópico o que são os “amigos em comum” do Facebook. Eu vou explicar só de mais uma forma: Vamos supor que você tenha uma amiga no Facebook. Vamos chamar essa amiga de ‘Joana’. A Joana tem uma amiga no Facebook chamada ‘Carla’ (por exemplo). Veja como desfazer ou mudar uma reação em um post no Facebook. O processo é bastante simples e muito semelhante ao “descurtir” – que, por sinal, não é uma das novas reações. Confira o ... Eu bloquiei uma amiga no facebook agora eu quero des bloqueá ela Denunciar. Maria 31 jan 2018 às 17:13. Obrigado Denunciar. Mariana 16 abr 2018 às 11:07. Agradecida Resposta 2 / 9. ceiça 2 out 2013 às 20:04. Bloquei um amigo do meu face,como faço para recuperala-la? Obrigado. 264. Obrigado. Resposta 3 / 9. Juli 5 mai 2012 às 22:13 ...

O menino que eu tenho uma quedinha mas nem sabe que eu existo 😍😍

2020.09.15 07:33 little-Flower_ O menino que eu tenho uma quedinha mas nem sabe que eu existo 😍😍

Bom se o seu nome for Túlio talvez seja de você que eu esteja falando,briks,bom ano passado no fim de ano achei um menino bonito em Minas,eu fui praticamente TODOS os dias pra pracinha na intenção de achar ele,nem que seja pra olhar de longe,pelo simples motivo eu tenho uma vergonha absurda pra falar com qualquer pessoa,eu gaguejo até KKKKKKK,acho que são inseguranças de outras pessoas que gostei,voltando ao assunto,só consegui ver ele duas vezes,uma passando na rua pra jogar bola com meu primo,outra na rua de noite,ele foi abraçar alguém,uma mulher mais velha já,fiquei olhando pra saber quem era,é não era ele?fiquei toda sorridente,bobinha por ele,ele até me olhou mas eu não sabia quem era,tive que ir embora infelizmente,tava esperando meu primo chegar(tinha ido ficar com alguma menina)eu fiquei parada na rua esperando minha família me acompanhar,eu tava me achando muito bonita naquele dia,minha autoestima tava lá no topo,olhei pra ele,eu tava quase ido embora mesmo então olhei bastante pra ele,não tinha mais nada a perder,nisso que eu olhei nossos olhares se cruzaram,sei lá foi intenso,sei que pode ser muito besteira,mas pra mim foi especial,acabou que não aconteceu nada demais,mandei solicitação no facebook(sim eu ainda uso Facebook,bem pouco?sim,mas uso)minha amiga mandou mensagem pra ele pelo meu celular,por que até então eu não tinha coragem de mandar,ele simplesmente me ignorou,acabou que cancelei a solicitação no face e apaguei minha mensagem no whats,morri de vergonha,um tempinho atrás meu primo me disse que ele ia se mudar pra Brasília,fiquei triste afinal queria encontrar ele de novo,dessa vez tentar falar com ele,eu quero a amizade dele por que sei que não vou conseguir ficar com ele,tanto por insegurança minha quanto ele não me querer também,Bom Túlio se por ironia do destino você ler isso,vamo ser amigos rapaz KKKKKKK,prometo que vou ser uma amiga boa,tamo aí pra qualquer coisa Muito obrigada por ler até aqui💜 15/09/20//02:32
submitted by little-Flower_ to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 14:04 tomasilm Uma atenção com os mais vulneráveis

Bom dia malta, não quero chatear nem sei se é apropriado postar isto aqui mas queria só deixar um aviso a uma coisa que pensei que nunca fosse acontecer a alguém próximo (é sempre assim, eu sei). Ontem recebi a notícia de que o meu avô foi burlado, ao longo de vários meses, por uma pessoa no facebook. A minha avó morreu há uns anos e o meu avô, devido à solidão, foi usando cada vez mais o facebook. Esta pessoa adicionou-o, fez-se passar por uma senhora mais velha na mesma situação de viúva, fez-se amiga dele e foi ganhando confiança. Começou a pedir dinheiro aos poucos, sempre com desculpas, que ia devolver tudo, que estava à espera de uma herança, etc, a conversa do costume. Queria só deixar o aviso a quem tem familiares ou amigos na mesma situação vulnerável, por favor alertem, eduquem, não deixem isto acontecer, eu devia ter pensado nesta eventualidade e nunca pensei. Quando as pessoas ficam mais velhas perdem algum discernimento e infelizmente há quem se aproveite. Agora tenho um avô que perdeu literalmente todas as poupanças da vida dele numa situação que podia ter sido evitada com um pouco mais de atenção de quem está próximo. Não cometam o meu erro por favor. Um bom dia para todos.
Edit: muito obrigado a todos os que deram cimavoto e que comentaram. O meu objectivo com este post era chamar a atenção a um problema que me afectou pessoalmente e que infelizmente, pelo que vi nos comentários, afecta muita gente. Ler as vossas histórias, opiniões e conselhos (e algumas piadas) melhorou bastante o meu dia. Tenham cuidado com vocês e com os próximos. Mais uma vez muito obrigado!
submitted by tomasilm to portugal [link] [comments]


2020.08.06 09:29 thais021 Sou babaca por não querer engravidar do meu ex?

Olá Luba e turma! A história é longa, mas estou passando por um problemão e preciso desabafar.. Quando tinha 17 anos conheci meu ex de 20. Ele não gostava de rede social, não tinha nenhuma, era um príncipe na terra. Eu frequentava a casa que ele morava com a família, todos me amavam. Até que depois de 3 anos eu conheci a outra namorada dele.. que tbm frequentava a casa dele, e a família tbm adorava ela. Enfim..ate hoje não sei quem era a amante e quem era a namorada, pois ele viajava cmg e tbm com ela, dividia bem o tempo entre as duas. Eu era nova e emocionalmente dependente dele. "Perdoei" essa traição, pois a outra menina desistiu do relacionamento e ele chorou dias no meu portão, eu coração fraco, deixei passar. Até que 2 anos depois eu tive um sonho que ele me traía com uma menina da minha rua.. dei um jeito, invadi o email de trabalho dele, descobri que ele tinha um facebook falso e que nele, ele conversava com 14 meninas. QUATORZE! e já tinha ficado com todas elas. E ele ficava com a irmã da menina do meu sonho. Eu joguei tudo na cara dele, estávamos fazendo planos de casar, já tínhamos o apartamento que estava reformando e íamos casar quando eu terminasse minha faculdade. Ele se jogava no chao de chorar e disse que deveria ter algum problema espiritual ou psicológico, eu não duvido, mas não queria mais lidar com toda aquela carga. Virei as costas e nunca mais voltei. Eu nunca mais namorei, resolvi focar nos meus estudos, estou fazendo mestrado em engenharia química, tenho minha casa e minha vida. Ele casou depois de 6 meses com uma menina de outra cidade que nao conheçia a fama dele. Não durou 2 anos, o casamento., ele terminou a facul de história e ainda mora com a mãe. Ano passado ele me procurou, pediu pra conversar, disse que tinha coisas pra me dizer, resolvi encontrá-lo. Ele me pediu perdão pelo merda que ele foi, disse que nunca me esqueceu e que eu era a mulher da vida dele. Eu disse que infelizmente esse sentimento não é mais recíproco, mas que eu o perdoava. Ele me contou também que estava com câncer. E me pediu apoio nessa fase tão difícil da vida dele. Eu, boa alma que sou, resolvi apoia-lo, passei a levar ele nas consultas, (a mãe dele não pode mais dirigir), então levo os dois. Presto um apoio sempre que da. Ele sempre tenta pegar na minha mão, ser romântico, diz que me ama.. E a mãe dele acha lindo nós dois juntos. Acontece que ele começou uma quimioterapia e o médico perguntou se ele gostaria de congelar seu esperma, pois existe a possibilidade dele perder a fertilidade com o tratamento. Ele aceitou congelar e a partir desse dia começou o meu inferno. Ele implora para que eu seja a mãe do filho dele, pois se ele morrer não vai deixar nenhuma descendência no mundo, manipulou a minha mãe, minha família e a dele, fazendo com que todos pesem na minha mente para engravidar. Minha mãe me disse que eu já tenho 27 anos e que já passou da hora de ter um filho. Ele me liga, chora, implora quase sempre. E eu já não sei mais o que fazer. Quero ser mãe, quero ter filhos, tenho dinheiro, estrutura, maturidade. Mas toda essa história está me deixando maluca. Tenho apenas 2 amigas que entendem o meu lado, mas as vezes acho que o mundo está contra mim. Como depois de 5 anos o cara volta, joga um câncer e um filho no meu colo e eu tenho que aceitar tudo? Enfim, sou babaca por não querer engravidar do meu ex?
submitted by thais021 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.06 06:08 denesfernando Sou Babaca Por Querer Que O Namorado Da Minha Amiga Não Passe Mais A Quarentena Aqui E Volte Pra Casa Dele?

Olá Luba, editores, gatas e Turma. Essa história que vou compartilhar aqui é recente, ainda estou tratando em terapia, mas ela começa um pouquinho lá atrás.
Um ""pouco"" de background para situar a todos de onde tudo isso começou.
Em 2013 comecei namorar um cara que vou chamar de Karen, por ele ser muito, mas muito CUSÃO (inclusive, ele se parece muito com você Luba e por vocês serem tão idênticos, eu passei um bom tempo sem assistir o canal, pois não conseguia te ver sem lembrar dele). Mas, enfim, em 2015 ele e o grupo da faculdade dele decidiram morar todos juntos em uma casa perto da faculdade, pois estava exaustivo para todos trabalharem em pontos distintos da cidade (São Paulo, para se alguém quiser se situar).
Então, em janeiro de 2016, eles se mudaram e eu ia para lá aos fins de semana, até que acabei me mudando para a casa em Junho do mesmo ano, no dia do meu aniversário.
Pois bem, foi uma fase horrível da minha vida por causa do meu ex, terminamos em maio de 2017 e tive que sair da casa. Esse meu ex era um abusador, um aproveitador, a pior pessoa que eu poderia ter conhecido na minha vida. Os abusos psicológicos que ele cometeu comigo, afetaram totalmente minha confiança e em como eu viria a me relacionar com outros caras, fora as crises de ansiedade que eu arrasto até hoje.
Mas então, eu fiquei amigo dos amigos dele da faculdade e em especial da Karls que virou minha melhor amiga.
Em 2017 eles terminaram a faculdade e em 2018 o contrato da casa venceu e eles finalmente poderiam se mudar, áquela altura ninguém suportava mais olhar pra cara do Karen.
Então, foi nesse momento, que a Karls e o Akarls me chamaram para vir morar com eles numa nova casa. Sem o Karen. E hoje nós três vivemos como uma família feliz com os nossos pets.
2019
Eu conheci um cara, eu vou chamar ele de Lars.
Lars e eu começamos a trocar mensagens, se conhecer, nos aproximarmos. Até então, antes dele, todos os outros caras que eu acabei ficando, não davam certo, (tem muito gay problemático nessa cidade). Mas Lars foi diferente, conforme nos conhecíamos, ele ia transpondo todas as muralhas que eu usava como defesa, pois meu maior medo seria voltar para um relacionamento abusivo, tóxico e doentio.
Com o Lars eu fui bem devagar, realmente queria conhecer ele, pra ver se o que eu estava sentindo era o certo e se ele não iria me fazer mal.
Nesse tempo conhecendo ele, eu desabafava com Karls todas as minhas inseguranças, pois ela tinha vivido todo o meu drama com o meu ex, ela sabia dos meus medos, receios, inseguranças em me relacionar com alguém e ela me dava todo o apoio, pra poder voltar a acreditar e saber que nem todo mundo é igual o Karen, que na verdade eu dei azar com o Karen, mas que não seria assim de novo.
Depois de tantos embates sobre minhas agruras eu acabei me desarmando e me permiti começar algo com o Lars.
Um mês e meio depois, finalmente decidi trazer ele em casa, para conhecer meus amigos e 😏.
Então, foi nesse fim de semana de novembro de 2019 que coisas aconteceram.
Depois de ficarmos, acabei aceitando os meus sentimentos por ele, pensei que depois de tanto tempo solteiro, passando por aventuras fracassadas com pessoas que não se encaixavam, onde a química só proporcionava uma reação inicial. Ali estava talvez o momento de poder compartilhar momentos com alguém.
Mas aquele início de sonho desmoronou muito rápido. No domingo quando ele estava pra sair para trabalhar, Lars me contou que iria para o Beto Carrero com um amigo. Fui pego de surpresa, pois ele não havia mencionado nada nas nossas conversas durante a semana.
Na época, Lars trabalhava como bartender numa cafeteria e reclamava de trabalhar muito, não ter finais de semana livres e só folgar nas segundas-feiras.
Como não tínhamos oficializado nada, nossa primeira vez foi na noite anterior e o fato de estar disposto a querer começar a construir uma relação tinha sido algo que eu havia arrazoado no meu coração, achei absurdo demais eu questionar porque ele não tinha me falado nada antes.
Tudo bem, ele iria no Beto Carrero com um amigo, logo após sair da cafeteria. Pegaria o ônibus na estação do Tietê no domingo a noite, passaria o dia no parque, já que a folga seria na segunda, e na segunda a noite ele voltaria e iria trabalhar na terça-feira de manhã. Eu, pelo menos, imaginei que seria assim.
Na segunda-feira, eu fui trabalhar normal, vi as fotos dele no Beto Carrero, os stories no Instagram aparentemente nada de estranho, mas a primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato dele não ter postado um único story com o amigo, mas até aí, se eu encucasse com isso, seria uma atitude tóxica e eu não queria isso. Numa relação deve existir confiança.
Nós não nos falamos o dia inteiro, pois eu não iria ficar o importunando num passeio como aquele, que ele aproveitasse o máximo possível. Foi quando às 18:00 eu resolvi mandar uma mensagem para ele, já que eu estava saindo do trabalho.
A mensagem era mandando um "oi" e desejando que ele tivesse se divertido bastante e fizesse uma viagem tranquila de volta.
Foi quando ele me respondeu que não voltaria aquela noite, que ele iria para Balneário Camboriú com o amigo passear de barco. Eu fiquei completamente sem reação, foi um choque. Ele só reclamava de como o trabalho explorava ele, não era flexível e do nada, de uma viagem totalmente espontânea que aconteceu aleatoriamente pra aproveitar um dia de folga num bate e volta, surgiu uma folga no dia seguinte.
Eu não tive como não ser arrastado de volta para os tempos do Karen, onde eu fui trouxa por anos, onde ele matava aula pra transar na escada da faculdade, dizia que ficava até mais tarde no serviço pra não pegar trânsito, mas na verdade ia para dates furtivos de apps de pegação (inclusive tenho uma história ótima com relação a isso da época do Karen), enfim, meu cérebro e meu coração ligaram o sinal vermelho, as sirenes começaram a zunir no meu ouvido, a última coisa que eu queria era ser enganado como fui na minha última relação.
Voltando, Lars não falou mais nada depois disso, fui pra casa naquele dia. Na terça-feira de manhã, outro sinal de alerta, não tinha nenhuma mensagem no celular. Isso poderia ser irrelevante, se a gente não tivesse passado o último mês e meio, trocando várias mensagens e memes da hora que acordava até a hora de dormir. Me senti mal, a conversa tinha morrido da noite para o dia, fiquei angustiado, pois eu estava começando a gostar dele e aquilo mudou da noite para o dia.
Terça-feira se foi, ele em Balneário Camboriú, fotos e stories no Instagram se seguiram e nada desse amigo misterioso.
Finalmente, a noite ele estava voltando e mandou uma mensagem dizendo que estava exausto, mas estava voltando. Nesse momento, minha mente já tinha formulado mil e uma histórias, mas resolvi ser prudente, apesar da angustia que estava sentindo.
Foi difícil dormir aquela noite, na manhã seguinte, ele mandou uma mensagem dizendo que havia chegado, estava exausto, mas estava indo trabalhar.
Nossa conversa, já não era a mesma, algo tinha mudado, as palavras ou a ausência delas são um termômetro para o coração, escrever para outra pessoa é um ato de conexão e o nosso elo havia se rompido.
Foi quando resolvi confrontá-lo.
Segue abaixo a conversa no whatsapp:
[28/11 11:56] Denes: Desculpa, Lars.
[28/11 11:56] Denes: Eu não sei de fato o que aconteceu
[28/11 11:56] Lars: Pelo o que ?
[28/11 11:56] Denes: mas desde terça que eu sinto que nossa conversa morreu
[28/11 11:56] Lars: :(
[28/11 11:56] Lars: Eu que peço desculpas
[28/11 11:57] Denes: se vc puder me dar uma luz
[28/11 11:57] Lars: Questão de conversa tbm não sei ... :(
[28/11 11:58] Lars: Não quero ser cuzao contigo
[28/11 11:58] Denes: me diz o que tá acontecendo
[28/11 11:59] Lars: Gosto olhando no olho
[28/11 11:59] Lars: Gosto de vc
[28/11 11:59] Denes: talvez não haja olho no olho se eu não entender o que está acontecendo
[28/11 12:00] Denes: eu tb descobri que estou gostando de vc
[28/11 12:00] Denes: descobri de uma maneira bem ruim
[28/11 12:00] Denes: só quero que vc me diga
[28/11 12:00] Denes: sem medo
[28/11 12:02] Lars: Eu recebi uma ligação de alguém antes de viajar que me deixou balanceado
[28/11 12:02] Denes: prossiga
[28/11 12:02] Lars: Não gosto da ideia por aqui
[28/11 12:03] Lars: Mas tá bom ...
[28/11 12:03] Denes: por favor, agora que começou, não pare
[28/11 12:03] Lars: Pouco antes de conhecer vc eu tinha acabado um relacionamento ...
[28/11 12:03] Denes: hum
[28/11 12:04] Lars: E tipo ainda algo que me deixa balançado e tal ...
[28/11 12:05] Denes: entendi
[28/11 12:05] Denes: ah...
[28/11 12:05] Lars: E tipo não quero mentir pra vc
[28/11 12:05] Lars: Nem ser um cuzao contigo me entende
[28/11 12:05] Lars: Quero ser sincero sempre
[28/11 12:05] Lars: Não só com vc mas comigo mesmo
[28/11 12:06] Denes: então, o livro de Harry Potter que está com vc, foi um presente de um amigo meu que faleceu esse ano, será que posso pegar com vc na catraca amanhã da Santos Imigrantes
[28/11 12:06] Lars: Sim ... Claro ... Mas queria conversar mais com vc pessoalmente
[28/11 12:06] Lars: Se não se importar
[28/11 12:07] Lars: Tenho um presente pra vc
[28/11 12:07] Denes: eu vou me importar
[28/11 12:07] Denes: por favor, sem presentes
[28/11 12:07] Lars: Tudo bem :(
[28/11 12:09] Denes: amanhã as 8:30 te encontro na Catraca
[28/11 12:09] Lars: :( eu lhe entendo sabe ... Mas confesso que gosto de vc e queria que vc permanecesse na minha vida independente de qualquer coisa
[28/11 12:09] Denes: não será possível
[28/11 12:09] Lars: Tudo bem eu entendo vc ... :(
[28/11 12:09] Lars: Me desculpa
[28/11 12:10] Denes: te encontro amanhã na catraca sem falta
[28/11 12:21] Lars: Hj vc sai que horas do trabalho?
[28/11 12:24] Denes: Desculpa, Lars. Mas eu só pretendo te encontrar para pegar o meu livro. Não, temos nada para conversar. Você não me deve satisfações, justificativas ou esclarecimentos. Apenas o meu respeito. Mas, mesmo assim. Esse ponto final precisa ser colocado.
[28/11 12:25] Lars: Tudo bem eu entendo e respeito vc ... Falei de hj pq posso te entregar hj o livro
[28/11 12:25] Lars: Ele está comigo aqui no trabalho
[28/11 12:26] Denes: Eu saio às 18:00
[28/11 12:26] Lars: Posso te entregar hj o mesmo horário ... Na estação melhor pra vc
[28/11 12:27] Denes: Que horas na Santos Imigrantes vc vai passar por lá?
[28/11 12:27] Lars: Umas 19h a 19:30
[28/11 12:28] Lars: Mas espero a sua hora
[28/11 12:28] Denes: Okay, as 19:00 estarei lá
[28/11 12:28] Denes: Se chegar antes estarei sentado em algum dos bancos da plataforma
[28/11 12:29] Lars: Tá bom
[28/11 12:29] Lars: Sei o que vc vai falar ... Mas desculpas :(
Quando ele falou dessa ligação do ex e ficou balançado, eu senti uma enxurrada de sentimentos negativos, o tsunami de chorume que eram as mentiras do Karen voltando a tona. Todas as desculpas esfarrapadas, parecia que eu estava vivendo tudo outra vez.
Eu estava cego, na gana de não querer cometer os mesmos erros do passado, acabei sendo seco, duro e intolerante, condenando um pelos erros de outro.
Eu já tinha sentenciado dentro de mim que aquela viagem foi algo que ele tinha programado com o ex e que tinha ido com ele e que eles tinham se acertado e que ele queria me manter como step se nada desse certo. Enfim…
Nesse mesmo dia, fui buscar o meu livro (um fato curioso, esse livro que foi presente de um amigo que veio a falecer em 2019, foi um presente pra me lembrar o quanto eu sou uma pessoa corajosa, era a edição de 20 anos da Pedra Filosofal nas cores da Grifinória e dentro ele escreveu a famosa frase da Luna "As coisas que perdemos sempre acabam voltando para nós. Mas nem sempre na forma em que pensamos." https://imgur.com/a/ebJFd2U
Ironicamente, quando paro pra olhar isso em particular, penso na grande ironia de tudo.
Eu cheguei antes na estação, fiquei esperando, sentado num banco na plataforma, vendo vários trens passando, várias pessoas descendo na estação vindo depois de mais um dia de trabalho. A minha ansiedade estava a mil, eu queria chorar, estava angustiado com tudo aquilo, pior, sem entender como "tinha cometido" o mesmo erro outra vez.
Ele chegou uns 15 minutos depois, estava com o livro na mão, eu peguei o livro e então ele me estendeu os braços pedindo um abraço, fiz com ele o que eu devia ter feito com o Karen, olhei para ele com a minha pior cara de desgosto e nojo e falei "Adeus", virei as costas e deixei ele lá.
Hoje, não me orgulho do que eu fiz, sinto vergonha quando penso, mas para que vocês entendam aquele gesto, mesmo ele não sabendo, era algo traumatizante, no término com o Karen, quando coloquei minhas malas e meus livros no táxi, ele chegou até mim e na maior cara de pau, na sua maior interpretação pra burguês ver, ele me pediu um abraço e o trouxa aqui cedeu esse abraço, então ele sussurrou no meu ouvido "Sou eternamente grato por tudo o que a gente viveu e você vai sempre poder contar comigo para o que você precisar" e quando eu precisei o que eu ouvi? "Não tenho obrigação nenhuma de te ajudar."
Quando eu saí da estação, bloqueei o Lars em todas as redes sociais, Facebook, Instagram, Whatsapp e até o número dele pra ele não me mandar SMS ou ligar. Não queria nunca mais ouvir falar dele pelo resto da minha vida.
Alguns dias se passaram e a Karls me contou que Lars havia mandado mensagem para ela no Instagram dizendo que estava preocupado comigo, queria falar comigo e eu irredutível falei que nunca mais queria saber nada a respeito dele.
Então ali eu tinha colocado uma pedra em cima desse assunto, vida que segue.
Dezembro de 2019
Karls é uma garota muito linda, mas em todos esses anos de amizade ela só se envolvia com os piores caras do Tinder, uma fase da vida dela que fazemos piada, mas que se você olhar atentamente, era bem triste.
Ela tinha o sonho de conhecer um cara bacana, compartilhar momentos, viver toda aquela fantasia de namoro, dormir abraçada, assistir anime, cantar músicas da Disney e cozinhar todos os pratos possíveis de todos os programas de culinária que existem no mundo.
Depois de anos, esse cara apareceu. Vamos chamá-lo de Darls.
Darls é um cara super carismático, que faz amizade por onde ele passa, falador, contador de piada, solicito, uma pessoa que todo mundo iria adorar ter como amigo.
JANEIRO 2020
Parecia que Darls sempre esteve nas nossas vidas, Akarls e eu o recebemos de braços abertos, pois víamos o quanto ele fazia Karls feliz.
Logo ele começou me pedir dicas e mais dicas de coisas que fariam a Karls feliz e nesses 5 anos de amizade eu era a pessoa que mais sabia de tudo o que a Karls gostava.
FEVEREIRO 2020
Eles oficializaram o namoro, (meio rápido, mas…), então ela entrou numa tour para conhecer todas os amigos dele, pois ele queria apresentar a namorada para as pessoas importantes na vida dele.
Darls mora a 35km de distância, num bairro distante, 2 horas de viagem no mínimo, mas ele sempre estava vindo passar mais tempo aqui.
MARÇO 2020
Pandemia chegou, isolamento social foi instaurado, pessoas em casa. Eu sou editor de vídeo, então estou trabalhando em casa desde que esse inferno começou. E quem acabou vindo para cá, também? Exatamente, Darls.
A companhia dele era agradável, e por vermos Karls feliz, nada objetamos, aceitamos naturalmente a estadia dele aqui. Mesmo que nunca tenhamos conversado isso entre nós, foi natural olharmos para a felicidade dela.
ABRIL 2020
Um mês de quarentena, eu sou uma pessoa ansiosa. Solteiro que passou da barreira dos 30, já havia sentenciado que não conheceria ninguém e morreria só, pois já estava sem esperança de conhecer alguém em um mundo sem um vírus mortal, imagina em um mundo onde estar perto 2 metros de alguém pode ser sua sentença de morte.
Eu comecei entrar numa crise terrível, comecei trabalhar demais, a fazer 12 horas de trabalho por dia e no meu tempo vago eu comecei a assistir todos os filmes e curtas gays já foram produzidos no mundo. E nisso, fiz a burrada de assistir um filme que superestimei por anos.
Brokeback Mountain.
'O que eu fiz da minha vida?'
Eu fiquei tão mal, mas tão mal, que naquela noite eu fui dormir chorando e os dias que se seguiram eu tive tanto remorso pelo final daquele filme, que certo dia eu comecei chorar na frente da Karls e do Darls enquanto a gente almoçava.
No final de abril, meu tio implorou que eu fosse na casa dele, pois estava tendo um problema entre minha mãe e minha irmã e ele estava preocupado da minha mãe acabar se metendo em um avião e vindo pra São Paulo no meio de uma pandemia. Fui, como se eu já não estivesse colapsando, ainda tinha que resolver o problema de outras pessoas.
Naquela semana, eu assisti um vídeo, tenho 80% de certeza que foi no LubaTV os outros 20% acho que foi no canal do Henry Bugalho, que falava sobre perdão, algo do tipo "se não perdoamos, do que adianta pedirmos desculpas" e eu já estava muito reflexivo.
De noite, eu estava no apartamento do meu tio, quando recebi uma notificação de que alguém tinha me seguido no Twitter.
Abri a notificação e vi que era o Lars me seguindo quase 6 meses depois. Ele não tinha twitter e tinha criado uma conta por causa da quarentena.
Minha primeira reação foi bloquear ele, mas aí bateu aquele turbilhão de coisas acumuladas nessa quarentena. O final de Brokeback Mountain, a fala sobre perdão e um detalhe sobre o Lars que pesou muito, ele tem diabetes, acho que é um tipo raro, ele desenvolveu super novo, ele toma dois tipos de insulina, ele é grupo do risco.
Sentei no sofá e me perguntei, 'o que ele queria depois de todos esses meses? Ele não entendeu o meu "Adeus"?'
Pois, bem. Fui até o Instagram, desbloqueei ele e mandei a seguinte mensagem:
"O que você quer?"
Ele levou uma meia hora pra me responder, o 'digitando…' parecia eterno.
Resumindo, ele falou que se importava muito comigo, que eu marquei a vida dele, que nunca quis se distanciar de mim, que jamais foi a intenção me magoar com o que quer que tenha acontecido e que nunca dei a oportunidade dele se explicar.
E eu respondi, que não importava o que ele tivesse para me dizer, não ia mudar a opinião que eu tinha sobre ele.
Ledo engano, meus caros.
Fui dormir às 4 da manhã, tirei tudo de dentro de mim, tudo o que eu inventei na minha cabeça. Porque no meu relacionamento anterior eu ouvi tantas mentiras, que acabei jurando que qualquer um iria mentir para mim, era o único referencial que eu tinha.
Só para que vocês saibam, era realmente um amigo, as fotos que ele tirou junto com o amigo no Beto Carrero, foram todas no celular do amigo a folga da Terça-feira, o chefe dele estava devendo uma folga para ele e como ele não iria poder tirar essa folga a mais do que as que estavam previstas para Dezembro, o chefe deu a folga pra ele na terça para que ele aproveitasse mais um dia de viagem. E sim, o ex dele ligou, ele ficou balançado, pois eles tinham tido uma história recém terminada, mas ele me contou, primeiro porque eu insisti, mas também porque ele não queria mentir pra mim, já que eu tinha todo esse problema com mentiras, então ele queria ser honesto comigo desde o início e que nunca foi a intenção dele voltar com o ex, tanto que ele não voltou, ele queria estar comigo, e que mesmo tendo passado todo aquele tempo ele nunca tinha me esquecido e não tinha desistido de mim.
Eu falei para ele que não sabia como reagir a tudo aquilo, disse que não sabia se seria capaz de confiar nele. E que ele não tivesse esperança, mas que eu iria refletir sobre tudo aquilo.
Então eu voltei pra casa e compartilhei a história com Karls e Darls.
Karls ficou meio com o pé atrás, mas Darls me apontou os erros que eu cometi, me fez enxergar o quanto eu tinha exagerado pelo medo e desconfiança que eu tinha, que não tinha nada a ver com Lars e minha ficha caiu.
Agora, tudo o que me restava era o meu orgulho, eu precisava passar por cima disso.
Voltei a conversar com Lars, aos poucos, foi difícil no início, mas ele foi muito tolerante, eu expliquei que não estava sendo fácil voltar a conversar com ele, mas que compreendi que muito daquela situação era culpa minha.
Ele começou a me mandar mensagens de manhã e a noite, de bom dia e boa noite e esporadicamente algum meme. Foram duas semanas conversando quando houve a necessidade da gente se ver. Eu não sabia como iria reagir.
Sim, ele viria aqui em casa no meio de uma quarentena, mas antes que cresça os julgamentos, moramos próximo um do outro, ele viria a pé, sem pegar nenhuma condução e num horário de pouco fluxo.
MAIO 2020
Então comuniquei que ele viria aqui em casa para Karls, Akarls e Darls. Aparentemente, achei que todos tinham recebido a notícia de bom grado.
Ele veio, a primeira coisa que ele fez foi ir para o banheiro tomar banho, com Covid não se brinca. Depois, sentamos e conversamos, e mais uma vez, eu falei tudo de novo, dessa vez olhando no olho, colocando tudo a limpo, uma conversa franca, contei de todas as impressões que eu tive de tudo o que aconteceu, como a narrativa se construiu na minha cabeça e porque agi da maneira que agi.
Em contra partida, ele disse que estava tudo bem, disse que ficou muito chateado, mas os amigos dele conversaram com ele dizendo que tinha um motivo para eu agir como eu tinha agido. Ele me falou que nunca me esqueceu e queria ter uma oportunidade de conversar comigo e esclarecer as coisas, pois sabia que tudo tinha sido um grande mal entendido. Ele falou que mandou várias mensagens para a Karls, mas não obteve resposta. E quando ele me mandou o convite no Twitter, ele disse que seria a sua última tentativa de se aproximar de mim, se não desse certo, ele mesmo desistiria de tudo.
Ele passou três dias aqui em casa, eu não me abri tanto com ele com relação a isso, mas eu senti muito remorso por como as coisas aconteceram por minha causa.
Outra coisa, lembra na mensagem, quando ele falou que tinha um presente para me dar e eu falei que não queria? Ele trouxe o presente, ele guardou o presente todo esse tempo e disse que toda vez que via o presente, ele lembrava de tudo o que a gente viveu e a coisa que ele mais queria era me dar esse presente, que ironicamente ele comprou na viagem para o Beto Carrero.
Era um funko do Harry Potter, já que eu amo muito Harry Potter. (Não, não sou transfóbico, eu amo Harry Potter desde 2000). http://imgur.com/gallery/cah0Ry7
Ele voltou pra casa dele. Continuamos a nos falar, reatar laços, ter essa troca.
Compartilhei minhas impressões com Karls e Darls, eu estava relutante, desacreditado. As pessoas subestimam relacionamentos abusivos, mas a gente carrega coisas por anos, os estragos são terríveis, estava eu provavelmente estragando uma oportunidade de ser feliz por medo de ser feliz.
As coisas foram devagar, estávamos conversando de nossas rotinas na quarentena, ele o quanto sentia falta do trabalho e não aguentava mais assistir séries e eu o quanto estava trabalhando e engordando, já que editor de vídeo trabalha em casa, praticamos isolamento social antes disso "estar na moda" (✌️ salve editores do canal, eu juro que tô escrevendo essa história que já passa de 4 mil palavras, pensando se realmente o Luba lerá essa história na Turma-Feira, fico imaginando no trabalhão que vocês vão ter pra editar, se eu puder pedir, posta a Timeline pra eu ver como ficou no final, curto muito timelines [Sim, pra quem não entende, isso é meio creep]).
JUNHO 2020
Lars voltou, veio para estar comigo no meu aniversário, inclusive ele me presenteou com Find Me do André Aciman, ele disse que queria me dar a muito tempo, pois em novembro do ano passado eu estava lendo Call me by your name e eu estava namorando pra comprar o livro quando fosse lançado, mas não deu nem tempo dele poder comprar na época.
No meu aniversário, resolvi cozinhar para comemorar, fazer escondidinho de frango. Eu estava de folga e queria fazer algo especial para Karls, Darls, Akarls e Lars. Eu passei a tarde e começo da noite cozinhando e Lars me ajudando.
Então, aconteceu o estopim de todo o caos.
Karls e Darls desceram e viram que o escondidinho não estava pronta ainda, ela fechou a cara e disse "Nossa, ainda não está pronto?". Depois eles fizeram um sanduíche e comeram e subiram, bastou aquilo pra me entristecer, até entendo que ela poderia estar com fome, mas ela bater porta de armário e a porta da geladeira acabou todo o meu ânimo, me senti super mal.
Comi aquele escondidinho triste, o clima na mesa estava tenso e na boa o que era pra ser uma comemoração no que eu acreditava ser entre família, foi a porcaria de um jantar de aniversário que eu perdi tempo fazendo.
Lars voltou pra casa dele, continuamos nos falando e estreitando os laços, aproveitando a companhia um do outro, e finalmente no meio de toda essa situação de merda que estamos vivendo no planeta, senti uma esperança de que talvez tudo daria certo, pelo menos uma vez.
Mais uma vez, ele veio passar o fim de semana aqui em casa, e foi divertido, assistimos filme, contamos piadas e o melhor, eu estava podendo dormir abraçado com ele, por a cabeça no travesseiro e não me sentir só.
JULHO 2020
O mês do caos, eu odeio Julho, por tantos motivos, sério. Eu tenho inúmeras histórias de desgraças nesse mês que PQP (Gif da Xuxa).
Lars me mandou mensagem dizendo que ele teve uma briga terrível com o sobrinho dele, na briga eles só faltaram sair na porrada, ele falou que estava mal por estar na casa da irmã dele e por toda essa indisposição com o sobrinho que tem 18 anos e é um completo folgado. Ele disse que iria procurar um lugar pra ficar, mas até lá, ele perguntou se poderia ficar aqui até encontrar esse lugar.
E como eu já fui colocado pra fora de casa pelo meu tio e me vi sozinho, eu sei o quanto é importante ter alguém pra estender uma mão amiga nessa hora.
Eu respondi que sim, mas que ia comunicar o Karls e o Akarls. Expliquei a situação Lars e eles falaram que tudo bem.
A Karls começou a fazer um freela permanente em um grande estúdio aqui de SP, então ela já não estava ficando em casa e quando estava, ficava a maior parte do tempo com o Darls, que ficou aqui em casa, mesmo ela trabalhando regularmente, já que as coisas estão flexibilizadas por aqui.
A princípio, Lars ficaria aqui até dia 10, ele tinha acertado de ir morar com um pessoal que ele achou num grupo do Facebook, mas o lugar onde esse pessoal ia morar não deu certo, pelo o que ele me contou, foi lance com a Porto Seguro, ele ficou decepcionado, porque os meninos eram legais. Então, ele voltou para a busca de encontrar um lugar pra ficar, eu inocente disse que ele poderia ficar o tempo que precisasse.
Interiormente, eu queria me redimir por toda a injustiça que foi o nosso início, queria fazer certo dessa vez, pois ele estava sendo bom pra mim e eu nunca tinha tido isso, esse convívio.
Enquanto ele estava aqui, comecei a ter companhia para o almoço, passei a comer direito, já que ele é obrigado a comer certo por causa da diabetes, eu estava até me alimentando nos horários certos. As noites assistíamos séries abraçados, até a hora de dormir. Parecia um oasis no meio de todo esse inferno que estamos vivendo, por um único instante eu esqueci de tudo de ruim.
Nesse período, ele estava procurando vários quartos, mas só encontrava cativeiros sendo alugados por mercenários.
Conforme o mês ia passando, Karls estava bem estressada com tudo e quando estava todo mundo na cozinha, ela parecia evitar querer falar com ele. No início, eu pensei que fosse TPM ou alguma coisa em particular dela com Darls.
Mas eu tive certeza que era alguma coisa com o Lars, no dia que estávamos jantando e ela veio informar que o botijão de gás tinha acabado e ela tinha comprado um novo, mas ela insinuou que estávamos cozinhando demais. Eu fiquei, sem reação, pois não esperava por aquilo, como eu falei, ela e o Darls estavam fazendo todas as receitas que existiam na internet, como que o Lars 10 dia aqui era a causa do botijão ter acabado?
Então aquilo começou a ficar espinhoso e o meu erro foi não ter confrontado. Eu comecei a me sentir acuado com o Lars e não sabia o que fazer, ele já estava numa puta situação frágil por ter saído da casa da irmã por indisposição com o sobrinho e a coisa que eu mais queria era que ele se sentisse confortável na minha própria casa.
No meio de tudo isso, ele voltou a trabalhar e eu passei a acordar cedo junto com ele, pra tomar café e abrir o portão pra ele poder sair, num desses dias, eu levantei e fui no banheiro e enquanto eu usava, a Karls bateu na porta perguntando quem é que estava lá dentro de uma maneira meio ríspida, no caso era eu, mas o Lars viu a situação toda, ele não me falou, mas eu reparei que ele parou de tomar banho de manhã antes do trabalho. Dizia ele que o banho da noite era suficiente.
Depois, ele parou de tomar café da manhã, disse que tomaria café na cafeteria que ele trabalha.
A próxima coisa que aconteceu foi um dia que eu estava na cozinha e fui informado que Karls e Akarls decidiram que não iríamos mais fazer as compras de mercado juntos. E que só manteríamos os produtos de limpeza e higiene e que o resto era cada um por si.
Confesso, que na hora não compreendi o que estava acontecendo, eu estava muito desligado, na verdade não acreditava que os meus amigos estavam me excluindo por causa do Lars, eu estava sendo ingênuo, pois não imaginaria que aquilo estava acontecendo.
No meio desse caos todo, Lars, virou pra mim e disse que a irmã dele pediu que ele fosse na casa dela. Então ele iria direto do trabalho e dormiria lá no sábado para o domingo, já que estaria de folga e voltaria pra cá no domingo a noite.
Só que ele não voltou, ele disse que a irmã dele pediu para que ele dormisse lá mais uma noite. Pensei, okay, ele vem então amanhã direto do trabalho pra cá, mas aí ele não veio na segunda, foi quando o peso de tudo bateu.
A essa altura eu já estava angustiado com tudo aquilo e direcionei minha frustração para o lado errado, em vez de confrontar quem estava causando toda essa situação insatistória, eu cobrei dele, porque ele não estava aqui. Perguntei, porque ele não queria estar mais aqui. Ele falou que queria. Então, eu perguntei porque o domingo, virou segunda e agora a segunda virou terça? Ele hesitou, aí eu perguntei se era por causa da Karls e ele disse que só não queria incomodar ninguém.
Eu fiquei mal, por ele se sentir mais incomodado na minha casa do que na casa da irmã dele com o sobrinho folgado que estava fazendo da vida dele um inferno.
Fiquei desapontado, ele veio na quarta, conversei com ele, disse que iria conversar com a Karls sobre toda essa situação. Mas já era tarde.
Era a última semana de Julho, e antes mesmo que eu pudesse conversar com a Karls, Akarls chegou dizendo que não dava mais para dividirmos a conta de água como estávamos fazendo, por 3, teríamos que dividir por 5, já que a conta ficou mais cara.
Na sexta-feira daquela semana, Lars encontrou um quarto numa casa que ele meio que alugou as pressas e ele se mudaria na primeira segunda de agosto. Quando eu pude confrontar Karls, no sábado, sobre tudo aquilo, já era tarde. Falei que fiquei chateado deles quererem repartir a conta da casa por 5 com o Lars pelo mês que ele passou aqui, mas isso nunca foi nem cogitado nos 5 meses do Darls aqui. Falei que fiquei decepcionado por ela não ser capaz de enxergar a minha felicidade. Por não ser capaz de ver o quanto eu estava feliz, como eu enxerguei a felicidade dela com o Darls e o recebemos de bom grado dentro de casa por causa da felicidade dela. Disse que foi muito cômodo pra ela ter alguém pra poder dormir junto, assistir coisas juntos, ter os momentos a dois e quando eu pude ter o mesmo, ela não olhou para mim com os mesmos olhos.
Enfim, Lars se mudou, tomei esse tempo que poderia estar assistindo uma série com ele para escrever tudo isso. Angustiado e decepcionado. Darls não tem culpa de nada do que está acontecendo, mas agora acho completamente injusto ele estar aqui e o Lars não estar, não sei o que fazer, minha vontade é de falar, "acabou a quarentena para os dois, pode voltar para sua casa". Me sinto injustiçado e triste por alguém que eu amo tanto, não ter sido capaz de enxergar que eu estava feliz. É isso, estou esperando a próxima sessão da minha terapia e Karls e Darls estão lá no quarto dela e eu estou só.
E para finalizar, essa foi minha conversa agora a pouco com o Lars.
Lars https://imgur.com/gallery/PRrxEI6
submitted by denesfernando to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.01 01:19 yLithium VÁRIOS RELATOS HJ SOBRE NÃO TER UMA AMIZADE REAL

Hj me deparei com varios relatos de vcs sobre não ter amigos ou não ter efetivamente uma amizade verdadeira que vc consiga compartilhar seus medos e suas alegrias, uma pessoa pra ser sua companheira.
Confesso que eu gostaria de ter uma amizade assim, acho que as minhas amizades não são profundas, antes da pandemia eu me reunia com eles para fazer churrascos. Meu melhor amigo foi para a Argentina, íamos para eventos algumas vezes e eu gostava do rolê com ele, ele nunca foi aquele cara de se abrir e eu também nunca me abria... Sinto falta de ter uma pessoa que eu consiga compartilhar as coisas legais que acontecem e meus sentimentos.
Desde que eu abandonei o Facebook/instagram eu me deparei como as "amizades" eram falsas, ter uma rede social como Facebook dá uma falsa sensação de que vc tem pessoas ao seu lado... Mas não é. Agr to meio reflexivo sobre isso e me deparei meio só. E nessa pandemia eu fico estudando em casa e lendo livros e só tenho diálogos com minha família e as vezes com posts aqui no reddit
Ano passado eu baixei um app chamado Slowly, ele simula cartas, que eu posso mandar pra qualquer pessoa no planeta, a pessoa recebe minha carta depois de alguns dias dependendo da distância do meu país para o dela. Falei com algumas pessoas, um garoto japonês, uma mulher russa e uma garota francesa, foi uma experiência legal e eu recomendo pra quem ta um pouco solitário e quer alguém pra conversar.
Queria algo mais profundo... Geralmente as pessoas fogem de assuntos que eu gosto, meus colegas só querem pegar mulher e minhas amigas só gostam de festas e eu não sou desse tipo. É claro que todos tem um papo legal mas como eu disse... Nada muito profundo.
Se vc sente falta disso, estou aberto a novas amizades (ja que é uma pandemia e quero falar com alguma pessoa que não seja da minha família ou que seja superficial). Como vi varios reclamando da mesma coisa decidi fazer esse post, gente, se precisarem interagir eu (e creio que outras pessoas aqui também) estam abertas ao dialogo. Essa comunidade é maravilhosa espero que ajude vcs <3
submitted by yLithium to desabafos [link] [comments]


2020.07.27 23:46 formiga_gigante sou babaca por ter acabado com uma amizade de 5 anos por causa de outros amigos?

olá Luba, editores, gatas e pessoas que estão lendo!
o fim da história aconteceu comigo há 2 ou 3 anos, e realmente quero saber se fui babaca.
tudo começou há oito anos, quando conheci minha vizinha, a Jarls. ela era um ano mais nova que eu, e quem nos apresentou foram nossas mães (vale dizer que ela veio de uma família muito conturbada, e graças a Deus, minha família é incrível). eu não tinha amigos de rua ou essas coisas, então ela era a única amiga que eu tinha acesso rápido quando não estava na escola. nós brincávamos bastante, sempre na minha casa, já que eu tinha quintal e meus pais não deixavam eu ir para a casa dela mesmo sendo literalmente ao lado da minha devido à família dela. o tempo passou e nós continuamos sendo amigas, sempre brincando na minha casa. o tempo passou e eu entrei em um curso preparatório para ir para um colégio de excelência. consequentemente, eu ficava mais cansada, tinha mais deveres e menos tempo livre. porém, Jarls sempre continuava indo à minha casa para brincar ou até mesmo conversar, na mesma frequência (ou seja, todo dia - às vezes, mais de uma vez). e sempre que ela vinha, pedia para eu perguntar à minha mãe se ela podia entrar (a gente conversava cada uma de um lado do portão), e eu, mesmo não estando afim de brincar ou não querendo que ela ficasse por muito tempo, ou desconversava ou pedia, nunca dizia ''não'' (não sei porque, eu sou uma pessoa de falar muitos ''nãos'').
enfim, eu passei no concurso para entrar para a tal escola de excelência e os anos continuaram desse jeito - eu sem energia ou com muitos trabalhos e ela sempre lá, querendo brincar e conversar e pedindo para entrar. até que um amigo meu dessa nova escola que morava no mesmo bairro que eu a conheceu. vamos chamá-lo de Darls.
Darls também se tornou amigo de Jarls, e acabou que se tornou um leve romancezinho já que Darls se apaixonou por Jarls. e é assim que a história começa a desandar.
Darls, um dia, perto do aniversário dele, chamou uma turma da minha escola para brincar perto de sua casa (era em uma ''rua'' onde carros não podiam passar e foi num fim de semana, portanto também não passava quase ninguém), e além de me convidar, o pai dele também deu a ideia de convidar Jarls. tudo bem, eram crianças brincando de queimado e outras coisas, mas durante a tarde inteira que passamos lá, eu - e acho que só eu - pude perceber que parecia que havia um clima entre Jarls e um terceiro amigo meu, o Parls. vale ressaltar que Darls e Parls eram melhores amigos (até hoje, na verdade). até aí tudo bem, porém, Jarls começou a se envolver com Parls romanticamente, como encontro em shopping e tudo mais. eu não tinha nada a ver com isso, para mim que os dois fossem felizes, o problema é que Jarls, mesmo estando envolvida com Parls, ainda dava esperança para Darls, que era todo apaixonadinho nela! foi aí que eu comecei a perceber que ela não era boa pessoa e que talvez eu devesse me afastar, não só por causa dos meus amigos, mas porque era muito escroto ela fazer isso com Darls (tipo chamar de ''amor'', mandar coração em cada mensagem), que era meu amigo e que eu apresentei! tipo, ele me mandou vários prints (juro que se eu ainda tivesse, colocaria aqui, mas o celular pifou) e eu vi com os próprios olhos que ela realmente agia como se ele tivesse chance com ela, e Darls ficou MUITO machucado com tudo isso (ele é uma pessoa relativamente carente e já teve depressão, inclusive tinha nessa época).
o ápice para mim foi na festa de aniversário de Darls (ele convidou Jarls - realmente era caidinho por ela), onde Jarls praticamente monopolizou Parls a festa inteira, o seguindo como um cachorrinho e inclusive tendo ciúmes das nossas colegas de sala. e tudo isso com Darls vendo, afinal, ele era o anfitrião. ela ficou com cara de bunda a festa praticamente inteira.
depois desse episódio mais toda aquela pressão que eu sentia, como se eu fosse obrigada a brincar com ela e deixá-la entrar na minha casa para ficar sei-lá quanto tempo, percebi que ela era uma pessoa tóxica na minha vida e que eu não me sentia mais amiga dela há muito tempo (confesso para vocês que no dia que estávamos brincando de queimado perto da casa do Darls, sempre que eu pegava a bola focava nela e jogava com toda a força que eu possuía).
o término da amizade não foi nada amigável e eu confesso que não fui gentil nem nada ao bloqueá-la em minhas redes sociais (até no zap). ela até chegou a pegar o celular de irmãos dela para me perguntar se eu ''achava certo terminar com uma amizade de mais de cinco anos daquele jeito'' e também tentava me contactar com outras contas de facebook e tals, mas eu nunca dei bola e sempre depois de trocar algumas palavras, bloqueava de novo.
por fim, eu não sou mais vizinha dela, continuo com minha amizade com Darls e Parls e tenho uma vida feliz. esses meses até descobri que ela via meus stories no Instagram. agora não vê mais.
é isto, espero que vocês tenham gostado, demorou bastaaante para resumir tudo e acredito que com esse texto enorme, vocês não tenham motivo para votar INFO kjkkjkkkkkjjkkj Luba, manda beijo pra minha cadela! =30
submitted by formiga_gigante to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 06:05 b_bast4rz O motivo de ter desistido de relacionamentos

Olá Lubisco, editores, gatas, finados papelões,possível convidado e turma que está a ver.
Espero que estejam todos bem ^^
Bom, eu tinha um pouco de receio de contar essa história com medo de dar algum B.O, mas acredito que se não citar nomes não vai ter problema, plus não tenho nada a perder explanando isso pq a pessoa em questão não acompanha o canal(inclusive falava mal do Luba chamando ele de "chaveirinho de hétero")
A história é beeeeeeeem longa então me desculpem :/
Essa é a história do meu último relacionamento
Antes de conhecer a dita cuja eu namorei outra menina por 4 anos, e foi um relacionamento bem tóxico e abusivo, minha auto estima foi destruída aos poucos ao longo dos anos mas mesmo assim eu continuei com ela pelo medo de abandono, pq se eu era a merda que ela falava que eu era mas ainda tava comigo, sem ela eu não teria mais ninguém. Até que chegou num ponto que terminamos de vez e eu decidi ficar longe de qualquer pessoa, mas a carência falou mais alto e fui me aventurar no Tinder pra conseguir algum rolo. Consegui alguns e tals, até que conheci a Jenny(nome fictício). Ela era linda e tinha muito em comum comigo, tínhamos a mesma idade, nascemos no mesmo mês e os gostos eram idênticos, e curiosamente ela também tinha saído de um relacionamento abusivo(que eu descobri que era mentira, mas conto sobre isso depois) ficamos por alguns meses e eu decidi pedir ela em namoro, e foi aí que minha vida mudou. Todo aquele terror do meu último namoro sumiu e foi só felicidade, era um namoro perfeito, tínhamos planos pro futuro, sonhos e tals e eu achei que daria tudo certo, até que chegamos em 2019. No início do ano ela tinha pedido pra terminar comigo, porque estava duvidando da sua sexualidade(ela era bi, mas tava pensando que era na verdade lésbica) eu entendi a situação e mesmo ficando triste aceitei o término e disse que se fosse pra gente ficar junto a gente ficava. Foram 4 dias separados até que ela voltou atrás e pediu pra voltar, aceitei e as coisas ficaram como eram antes, pelo menos por uns 2 meses. Ela morava numa república com amigos, todos homens, eu conhecia todos e também considerava eles meus amigos, e sabia que eles respeitavam nossa relação, porém um deles, que até então não representava uma ameaça começou a ficar bem próximo dela, achei um pouco estranho no começo,mas confiava nos dois. Mas as coisas começaram a tomar um rumo beeeeem mais estranho, ela chamava ele pra sair pra bares mas não me chamava(não era muito meu tipo de rolê na época, então eu acabava evitando, um erro bem idiota meu), Overwatch que era um jogo que eu comprei pra jogar com ela, ela jogava 2 ou 3 partidas comigo mas ficava horas a fio com ele e pra fechar, filmes que a gente tinha marcado de ver junto ela via com ele. Isso começou a me incomodar muito e eu cheguei q conversar com ela diversas vezes, mas ela sempre vinha com a desculpa de que não tinha nada e que ela via ele como um irmão.
Acreditei, mas ainda sim fiquei receoso por um tempo. Eis que chegou Junho, ela tinha uma apresentação na faculdade e eu estava a caminho pra poder assistir(tinha trocado de curso pro curso dela, não me arrependo mas evitar ela nos corredores foi foda) no caminho ela me disse que depois da apresentação ela ia pra uma boate comemorar e disse que como sabia que eu não queria/não poderia ia ela tava me avisando pra eu não me sentir excluído, então eu decidi ir com ela, pq queria fazer parte de alguns dos hobbys dela e me acostumar com a vida de balada e barzinho, chegando na casa dela antes de sair pra faculdade ela me trancou no quarto dando várias desculpas pra eu não ir pra balada com ela até que eu perguntei se ela queria terminar comigo de novo e ela disse que sim. Perguntei se era pelo mesmo motivo de antes e ela confirmou, mas dessa vez era diferente pq ela tinha perdido a atração fisica em mim. Novamente tentei levar na boa falando que se era isso mesmo era pra ela sair e ver o que ela queria, que se fosse pra gente ficar junto a gente ficaria, mas perguntei se ela tava sentindo atração pelo amigo, e mais uma vez ela veio com a mesma desculpa. Saí do apartamento dela e fui pra minha antiga faculdade acudir uma amiga que tava com alguns problemas, acabou sendo uma ajuda mútua :v
Passou uns dias e eu descobri que na mesma noite que ela me largou ela ficou com o cara. Eu não posso apontar o dedo pra dizer que ela me traiu, pq não tenho como provar, mas algumas situações indicam que sim ela me traiu, mas não vou entrar e detalhes quanto a isso agora.
No dia seguinte do término eu ainda não sabia que ela tinha ficado com o cara, mas tava sofrendo demais, na época eu usava o Twitter e fui la afogar as mágoas de noite enquanto fumava, bebia e ouvia músicas. A Jenny acordou depois da noite de bebedeira e foi ver meu Twitter, onde ela printou um tweet e me mandou, tivemos uma discussão pelo Whatsapp que eu vou postar os prints depois.
Os dias se passaram e eu segui triste e remoendo as coisas, cheguei a perguntar amigos dela se ela tinha comentado alguma coisa sobre terminar antes mas nenhum disse nada, até cheguei a perguntar um dos meninos que dividia o apartamento com ela, que ate então era o melhor amigo dela se ele sabia, mas como ele ainda tava do lado dela na época ele não disse nada. Então tomei coragem e fui atrás da fonte do meu ciúme e perguntei se eles tinham ficado, quando ele confirmou eu desabei no chuveiro chorando, pra piorar ele foi falar com ela, que acabou mandando um áudio admitindo que tinha ficado com ele na noite do término, mas estava extremamente puta comigo pq eu tava me intrometendo na vida dela, sei que depois do término ambas as partes não são obrigadas a dar satisfação, mas como tinha sido um término muito estranho eu queria ir a fundo. Depois de chorar horrores eu tentei me acalmar e falei que tinha ficado bem chateado com os dois, porque eu me senti traído. Foi eu falar isso que ela riu da minha cara e me bloqueou de tudo, e vamos de choro de novo, dessa vez ligando desesperadamente pra ela pra me desculpar, quando ela atendeu eu disse que tava de cabeça quente e não pensava direito, na verdade eu só queria manter ela por perto pq eu ainda a amava e queria tentar voltar, até desconsiderei ela ter ficado com o cara na noite do término pq ela disse que tava bêbada e foi coisa de momento, o que hoje em dia eu obviamente não acredito. Tentei manter isso por algumas semanas, mandei algumas mensagens e numa delas ela disse fez alguns testes psicológicos e descobriu que ela era insatisfeita com tudo, inclusive nosso relacionamento e disse que precisava colocar a cabeça no lugar e que não ia namorar de novo pq tinha que ficar sozinha. Dei esse espaço pra ela, mas a ansiedade falou mais alto e eu liguei de novo, dessa vez pedindo pra voltar quando ela tivesse e sentindo melhor, e me coloquei a disposição a ajudar ela com o que precisar, desde indicações de psicólogos e psiquiatras até medicamentos, e mantivemos uma certa amizade por um tempo, se é que da pra chamar assim, já que era ela responder stories no meu insta.
Quando as aulas voltaram e ela passou por mim pelo corredor, fui ignorado e fui chorar no banheiro. Os meses se passaram e eu ainda tinha em mente que era possível voltar, até que uma amiga decidiu tirar o band-aid da minha ferida e me mostrar alguns tweets dela, onde ela dizia que queria o @ dela deitada na cama e que tava muito apaixonadinha, adivinhem quem curtiu esses tweets? O @ dela, o amigo do apartamento . Dias depois eles assumiram um namoro.

Quando eu descobri que ela tinha assumido o namoro com ele, todas as minhas esperanças foram por água abaixo, tudo o que eu queria era meus mangás e pôsteres de volta, tudo que ela tinha deixado na minha casa eu ja tinha juntado numa sacola e só tava procurando alguém pra devolver, pq eu não conseguia olhar pra cara dela sem sentir um misto de tristeza, raiva e decepção. Finalmente achei alguém pra fazer a troca, entreguei a sacola pra uma amiga em comum e ela devolveu pra mim, ficaram faltando os pôsteres então ela entregou outra sacola pra menina, junto dos pôsteres, uma carta em resposta da que eu tinha escrito em Junho quando ainda tinha esperança de voltar(a troca rolou no início de Outubro), nessa carta ela dizia que não acreditava em nada do que eu tinha escrito pelas coisas que eu tava falando dela pelo Facebook, o que na verdade foi uma indireta pra minha outra ex, já que eu tinha ficado sabendo que as duas tinham conversado e a abusiva disse que eu era o monstro a relação e que ela sempre tentou me ajudar. Vou passar por isso rapidamente, a ajuda dela eram ameaças de término se eu não fizesse o que ela queria, seja entrar na faculdade, arrumar um trabalho ou tirar carteira, e como minha mente já tava toda fudida pelos outros abusos, meu medo de abandono gritava enquanto eu tentava fazer o que ela me mandava, que quando sem sucesso ela ficava puta. O post no FB era um print do Twitter dizendo "todo mundo é tóxico menos você né? Anjo perfeito enviado dos céus", desbloqueei minha ex abusiva exclusivamente pra ela ver isso, mas acabou atingindo outra pessoa, mas se a carapuça serviu eu não posso fazer nada.
Sabendo que ela via meus posts de alguma forma, deixava alguns posts em público, queria que ela visse que eu tava desapontado com o que ela fez, e também queria me lembrar pra sempre do que acontece quando a gente se entrega pra alguém. Esses posts levaram a uma situação onde uma amiga dela pegou todos e printou e postou no Twitter pra me ridicularizar, e chamou a Jenny pra bater palma pra isso, quem me disse isso foi o melhor amigo dela, agora não mais já que eles brigaram. Com essa situação eu decidi pegar vários áudios que minha amiga tinha salvo a minha ex metendo o pau dessa amiga por conta do show do BTS e fiz um vídeo, mas não postei em lugar nenhum, deixei salvo aqui esperando algum outro post escroto.
Hoje eu acho que nem postaria, pq só quero ficar em paz, a menos que tenha alguma outra situação do tipo, pq não vou ficar calado.
Sobre o relacionamento abusivo dela, como ela foi atrás da minha ex, tomei a liberdade de fazer o mesmo um tempo depois e disse as coisas que ela falava dele, o que ele me disse foi que ela dizia a mesma coisa de outro ex. É como se fosse um ciclo vicioso, ela namora uma pessoa, se arrepende e essa pessoa vira um monstro que ela conta pros outros namorados pra eles sentirem pena.
Enfim, quero finalizar aqui dizendo à todos que eu não odeio ela, mesmo o ódio sendo negativo ele é um sentimento forte demais pra sentir por alguém que te fez tanto mal, só fico desapontado com o que ela fez comigo, eu fui sincero com ela falando o que eu passei por 4 anos em outro namoro e ela me disse que também passou em um, éramos duas pessoas quebradas e na minha mente os pedaços faltando de ambos se completariam, mas não é assim que funciona e não foi isso o que ela fez. Ela viu o quanto eu era quebrado mas decidiu quebrar mais, não só isso, fazendo isso ela tirou completamente minha capacidade, minha coragem e minha vontade de amar, eu real não consigo me entregar de novo pra ninguém, pra me lembrar disso pra sempre uso uma aliança preta representando o luto. Se você leu até aqui, muito obrigado de verdade, eu sinto que tirei um peso gigante das costas com isso, grato pela atenção de todos.
Os prints estão no Imgur e o tem um áudio e um vídeo que não deu pra postar, depois eu dou um jeito de mostrar pra vocês ^^
https://imgur.com/7tESoww - Discussão que tivemos no dia seguinte
https://imgur.com/nWl5UDt - Quando eu descobri que ela ficou com o cara
https://imgur.com/A85izEl - As cartas
https://imgur.com/tCDNS2b - Conversa com o ex dela
https://imgur.com/feDWFhP - História que ela inventou no TT. Pra mim ela tinha dito que era a mãe que traía o padastro depois do divórcio, mas ela quis queimar o pai dessa vez não sei pq.
submitted by b_bast4rz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.25 19:02 beqk A Nice mãe que tentou roubar meu gato deficiente

Olá lubinha, gatas, ser humano que está a lever espero que esteja tudo bem com oces :3
Essa história começa em dezembro de 2018 quando minha avó ganhou uma gatinha ( Eva) de uma amiga que disse: "ela é castrada pode levar", mas só que no começo de 2019 ela apareceu grávida então acho que ela não era castrada de verdade ksjdk
O maior problema foi quando ela teve os filhotes, não sabemos o porque mas três dos seis gatinhos nasceram deficiente. Um sem a orelha esquerda, outro sem a patinha e um era apenas um cotoquinho sem patas e cauda (deus tá vendo você rir viu). Foi realmente uma luta para mim tentar manter esses três vivos por um tempo, infelizmente esses dois morreram, mas o que tinha uma patinha faltando sobreviveu e eu acabei por adota-lo(o chamei de Zen pq ele só dorme o dia inteiro e continua assim até hoje) os outros também arrumaram casinhas e foi um final feliz.
But,
Quando já estáva para levar a Evinha ao veterinário para castra-la eis o choque, sim ela estava grávida de novo (admito sim que foi irresponsabilidade minha por não levá-la imediatamente, mas foi um tempo difícil onde eu não tinha realmente condições para castra-la. Peço que entendam e por favor tentem não me julgar, desde já agradeço). Dessa vez foram cinco, todos nasceram saudáveis e muito bonitos. Quando já ficaram maiores coloquei suas fotos em um grupo de adoção no Facebook com meu watts e a frase "se estiverem interessados e não puderem buscar farei o MEU POSSÍVEL para deixar nas suas casa" e hoje percebo que esse foi meu erro.
Uma das primeiras a me chamar foi essa Nice-mãe dizendo que queria um filhote macho para dar de presente a sua filha, até aí tudo bem mas ela queria que fossemos deixar na sua casa que era meio longe (na verdade longe pra caralho dava 8 horas de viagem no carro) e eu falei que não tinha como. Então ela fez o que toda nice-mãe faria nessa situação me insultou, me chamou de mentirosa, disse que os gatos eram feios e nunca iam achar um lar bom, provavelmente iam morrer envenenados e que ia escrever para os administradores do grupo me remover. Eu só disse ok e bloquei ela, dois dias depois todos os gatinhos já haviam sido adotados e eu editei a publicação agradecendo a todos que me ajudaram a achar um lar para eles (só depois de tudo foi que eu notei que essa Nice mãe havia visto a publicação, ela até reagiu com "grrr")
No dia que o último gatinho foi embora eu estava sozinha em casa quando uma pessoa bate no portão da minha casa com tanta força como se quisesse quebrar. Pensei que era minha prima pq ela só batia assim KKK e sem ver eu já fui abrindo a porta mas adivinha quem eu vejo? A Nice-mãe
Nice-mãe: Você é a menina que publicou sobre os gatinhos no Facebook né? Eu vim pegar um
Eu fiquei meio assutada ao começo, porque não havia dito meu endereço para ela e também a presença dela não era boa por si só
-Desculpe senhora mas todos já foram adotados.
Nesse momento eu vi o capeta no olhar dela. Ela levantou a voz para mim e parecia até mesmo que iria me bater, por um momento eu me senti realmente culpada e só ouvia tudo que ela tinha a dizer calada, quando percebi que ela ia passar para os xingamentos ela abaixou a voz e ficou olhando para dentro da minha casa e vi que ela olhava para o Zen que estava dormindo no chão da sala. Nesse momento ela simplesmente me empurrou entrando dentro da minha casa e pegando ele nos braços. Aí eu desci do salto e já ia começar o barraco
-O que a senhora pensa que tá fazendo? Solta meu gato e saí da minha casa antes que eu chame a polícia
Nice-mãe- Esse gato é bem mais bonito que os outros, vou levar ele
-Mas ele não tá pra adoção
Nice-mãe- Olha por sorte eu consegui uma carona pra vir até aqui então é sua obrigação me dar um gato mesmo que seja esse inultil alejado, se eu voltar sem um gato minha filha vai ficar triste e eu não quero isso.
Nisso um ódio me subiu, você pode me xingar a vontade mas meu gato não. Ela já tava quase saindo da minha casa quando eu puxei o cabelo dela com toda minha força
-Com todo respeito não tô nem aí pra sua filha. Foi a senhora que me xingou dizendo que não queria os que estavam pra adoção e agora vem aqui na minha casa se fingindo de inocente e querendo roubar os bichos dos outros? A Madame não é a dona do mundo não
Ela começou a gritar "aí tá doendo!". Talvez tenha sido mesmo estremo ter puxado o cabelo dela, mas se eu não tivesse feito isso ela tinha levado meu gato. Por sorte a prima que eu mencionei antes havia chegado e visto a cena já que o portão estava aberto e tirou meu gato das mãos da mulher expulsando ela de casa pelo braço e dizendo no meio da rua "Se você ousar voltar aqui eu te quebro na porrada"
Isso chamou atenção de muita gente e ela começou a literalmente berrar no meio da rua se fazendo de vítima e chorando dizendo que eu era um monstro, que a filha dela ia morrer por minha causa (pq de acordo com ela a criança tem problema de coração) e mais um monte de besteira. Só sei que nisso tudo meu vizinho que é um policial aposentado saiu de casa e perguntou o que tava acontecendo
A mulher falou tudo na versão dela, distorcendo as coisas claro, e eu só calada enquanto minha prima dizia "essa muié é doida"
Vizinho- Tá certo. Pois bora pra delegacia minha senhora?
Ele tirou uma algema não sei da onde e colocou na mão da mulher que começou a gritar dizendo que a errada era eu e não ela.
Vizinho- Primeiro eu vi tudo que aconteceu, até mesmo quando você xingou a Rebeca e quase ia batendo nela, você sabia que ela é menor de idade e isso pode ser considerado abuso? Além de você ter literalmente invadido a casa dela e tentar tomar a força um animal de estimação que está sendo super bem cuidado por ser especial. Então vai ser o que? Vai embora calada ou quer fazer choro na delegacia?
Aí a mulher disse que ia embora, meu vizinho tirou a algema e ela correu entrando no carro e indo embora.
Moral da história, olhe quem é antes de abrir o portão.
É isso, obrigada por ler até aqui Se proteja e lembre-se de se hidratar Bjs do nordeste
submitted by beqk to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.15 05:02 misomiojinho SOU BABACA POR NÃO CONTAR PRA NAMORADA DO MEU TIO QUE ELA É CORNA??

Olá Luba, editores, gatas que escravizam o Luba, papelões falecidos, Luna, Lulu, possível convidado e turma que está a ver, como estão? Hoje vim contar a história de como eu descobri recentemente que a namorada do meu tio é corna. Eles se conhecem desde 2017, porém, eu só conheci ela em 2019, essa história é recente porque o que me fez me perguntar "será que sou babaca?” aconteceu recentemente, mas vamos começar do começo.
Em 2019, quando eu não tinha um celular bom, meu tio deixava eu jogar no celular dele um joguinho de fazenda e sempre chegava notificação de mulheres que ele sempre parecia tentar "conquistar", mas como eu ainda não conhecia a Marls pessoalmente eu sempre pensei que ela era só mais uma mulher normal. Quando conheci ela eu conheci a filha dela que considera o meu tio pai dela, então eu sabia que eles ainda estavam juntos porque ele vive indo pra cidade da Marls ver a Farls.
Umas semanas atrás eu ouvi meu tio fazendo ligação com uma mulher que não era a Marls, porque a voz era diferente e como a ligação era de vídeo pude ver ela. Desde muito tempo eu tento dizer pra Marls que ele trai ela, lembro de quando eu pedi pra uma amiga falar pra ela no Facebook e não teve resposta, e quando eu ouvi aquela conversa eu tomei a decisão de gravar dois áudios dele dizendo coisas como: “posso entrar nesse coração tão machucado?". Eu queria ter provas! Provas de que ele mente pra ela e jogar tudo no ventilador, falei pra mim mesma que eu ia falar pra ela da próxima vez que ela viesse aqui, porém, o inesperado aconteceu, uma semana depois ela veio dormir aqui em casa pela irmã dela estar em outra cidade e a casa dela estar trancada, fiquei muito nervosa em contar que acabei desistindo, ela provavelmente não ia acreditar em mim por eu ser uma criança ainda e ela ia falar com meu tio pra ele falar com minha mãe. Eu não sei se ela vai descobrir, mas eu realmente quero que ela descubra, mas enfim, quem é o verdadeiro babaca messa história?
submitted by misomiojinho to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.13 00:34 britojp FUI ABUSADO "VIRTUALMENTE" E SÓ FUI PERCEBER 4 ANOS DEPOIS

Tô aqui só pra contar a história mesmo, a única pessoa que sabe e já deve ter esquecido disso é minha tia. Sou H - Quase 14 anos.
Quando eu era pequeno, vivia 24hrs no Facebook, e com 9 anos né, chegava um monte de perfil me mandando solicitação, de perfis árabes até uns que eram que eles ficavam assediando outras crianças também, chegava essas solicitações, e eu era pequeno, então aceitava todas, vi do que se tratava, removi e bloqueei tudo e denunciei todos. Mas no meu perfil só tinha a minha família, como amigos no Facebook. Aí dps outro dia chegou solicitação de um cara, chamava Luciano, não lembro o sobrenome. AÍ A CONVERSA FOI ASSIM: Lembrando de novo, que eu só tinha 9 anos.
-Oi, obrigado por aceitar minha solicitação.
Eu: De nada. Mas tu não é pedófilo não né? (CRIANÇA FALANDO)
-Não, pq?
CONTEI PRA ELE DESSES PERFIS QUE ERAM TODOS DE ABUSO
-Entendi. Mas pd ficar tranquilo.
Eu: Ok.
ELE BEM DPS:
-Quero te mostrar uma coisa
EU PERGUNTEI O QUE ERA, ELE QUERIA QUE MEU MOSTRASSE MEU PÊNIS NUMA CHAMADA DE VÍDEO NO WHATSAPP
Eu: C não é mesmo pedófilo?
-Claro que não kkkk, relaxa.
E depois disso eu liguei a chamada de vídeo comigo mostrando meu pau, e ele com o dele, não entendia o porque disso, mas eu era retardado e ele disse que era tipo pra mim aprender essas coisas e não cair mais nisso mais pra frente. Ficamos 20 minutos naquela chamada, e depois perguntei o porque daquilo, e ele disse que todo cara fazia entre amigos, e eu acreditei. Agora esse ano lembrei disso, pensei melhor e descobri:
COM 9 ANOS FIZ TROCA TROCA GAY, SEM SABER QUE ERA TROCA TROCA GAY, SENDO ABUSADO SEXUALMENTE E SÓ DESCOBRI 4 ANOS DEPOIS. (Obs: Sou hetero) Essa semana que eu lembrei disso e descobri a verdade, logo dps fui no face procurar o perfil dele só pelo nome, e não achei, se não iria denunciar. Me senti muito burro, nunca contei pra ninguém, nem meus pais sabem, tô pensando em contar pra minha melhor amiga com medo dela me zoar kkkk. Foi isso, só queria dividir com alguém.
submitted by britojp to desabafos [link] [comments]


2020.07.09 16:20 himawino AM I THE ASSHOLE por mostrar as FOTOS do "DATE" que tive com o GUY para a NAMORADA dele?

(Sou paraibana, então capricha no sotaque, visse? E desculpa por ser enorme, tive que contar com detalhes para que ficasse compreensível)
Olá Luba, editores e Turma que está a ver! A história que eu vou contar hoje é extremamente dolorosa para mim, mas decidi compartilhar com vocês pois eu sou trouxa, fazer o que né?! Me sinto em casa aqui.
Então... Em meados de 2016 eu começei a cursar agronomia em uma cidade não muito próxima de onde eu morava, o que resultou na minha mudança para essa cidade. Lá, eu dividia apartamento com duas outras meninas e elas eram super legais de conviver, o AP era de boa, mas a gente sempre viajava para casa nos finais de semana. Essa mudança toda, até então, tinha sido normal para mim, eu sou flha única e tenho apoio da minha mãe para tudo o que eu quero fazer. Enfim, em 2017 eu começei a ficar "com fogo", pois já fazia um tempo que estava solteira e tinha, recentemente, levado um bolo de um cara da universidade (história para outra turma-feira).
Decidi ficar mais atenta aos flertes que costumava ter com uns carinhas do Instagram e um deles chamou minha atenção especialmente.
Eu estudei o ensino médio na mesma escola desse cara (irei chamá-lo de Carls), mas não na mesma sala, ele era dois anos mais velho que eu. Carls tinha um porte másculo e barba (AMO), além de ter uma personalidade muito próxima da minha, gostavamos de Donnie Darko, Naruto, jogos e coisas de física (conversavamos muito sobre histórias de viagens no tempo, astronomia e jogos online), inclusive, ele me fez jogar Hearthstone com ele (jogavamos quase que diariamente por call). Ainda por cima, em alguns momentos muito estressantes e tristes para mim, ele sempre me confortava e falava que por muitos anos ele viveu triste, mas ele sempre tinha os amigos dele para apoiá-lo e que agora eu era amiga dele também.
O tempo passou e eu e Carls começamos a marcar de se encontrar para beber e como eu não sou besta nem nada, chamei ele para vir na casa na cidade onde ele estudava e como as meninas sempre viajavam para casa no final de semana, worth! E ele topou sem pestanejar.
No dia que marcamos, eu fui buscar ele na cidade dele (Carls não sabia como chegar na cidade onde eu estudava e como era perto e barato, eu fui sem problemas). Quando cheguei lá e me encontrei com ele, ele foi um fofo, ficamos conversando durante a viagem e ele disse que estava "ansioso" para conhecer a minha universidade (que é um ponto turistico), mas também disse que teria de voltar para casa NAQUELE mesmo dia, pois tinha que fazer alguma coisa com o pai dele (não lembro agora exatamente o que foi). Quando chegamos no meu AP, disse a ele tinha montado um esquemazinho para passearmos, mas Carls disse que estava "cansado" e perguntou se podia me mostrar um desenho muito foda que tinha na Netflix e eu entreguei meu notebook a ele,mas como eu não sou besta e muito menos inocente, peguei o colchão e coloquei na sala, para podermos assistir deitamos, enquanto lanchavamos e bebiamos (não levei ele pro quarto, pois eu o dividia com minha amiga e não queria sujá-lo). Depois de alguns episodios de Rick and Morty, transamos!
Depois que ele foi embora, continuamos conversando diariamente, com mensagens de "bom dia" e "boa noite". Falavamos até em marcar outro dia para "passear". Eu queria algo na cidade dele, mas ele sempre dizia que na minha cidade era melhor, pois teriamos mais privacidade, e pensando lógicamente fazia sentido. Começamos a nos marcar em memes no instagram, no facebook e a comentar coisas engraçadas nas fotos um do outro, até que um dia, uma guria (irei chama-la de Farls) me seguiu no instagram e mandou uma solicitação no facekook. Eu olhei o perfil dela e vi que ela e Carls tbm tinham uma interação bem forte (segui ela e confirmei a solicitação). Perguntei a Carls sobre ela e ele disse que ela era AMIGA dele e que ele morava na mesma rua que ela (pensei, Ah amigos e visinhos, normal).
Um tempo se passou e enquanto eu rolava o home do facebook, vi uma postagem sobre o novo filme do Piratas do Caribe, o 5. E como eu sou muito fã do Johnny fiquei louca para assistir na estréia. A legenda do post era "Marque alguém para ir assistir com você" e eu fui lá e marquei o Carls e o Carls respondeu o comentário marcando a Farls, pensei "WHAT THE FUCK IS GOING ON?', fiquei perplexa e depois de alguns minutos recebi mensagens da Farls no insta.
Ela me disse que era namorada do Carls fazia quase um ano (minha "relação" com Carls mais ou menos 3 meses). Ela ficou putassa comigo, dizendo que eu era uma vadia, uma palhaça que estava dando em cima do Carls.
Eu não fiquei em choque, fiquei a hidrelétrica toda. Mas em meio a tanta confusão, mandei para ela as fotos do Carls aqui em casa (tiramos algumas, inclusive dele só de cueca), mandei os prints da conversa onde ele me dizia que ela era "só a amiga da rua dele". Ela ficou mais puta ainda e foi falar com ele, e eu também fui. Pensei "Que ORDINÁRIO" (family friendly, bjs).
E quando ele me respondeu... veio o drama. Ele disse que tinha me contado dela, que ela tinha sido a pessoa que tinha feito ele se livrar de uma depressão e disse que só queria ser meu amigo e nada mais. Disse que eu tinha DESTRUÍDO a vida dele e que queria se matar. EU FIQUEI EM PÂNICO. Começei a chorar e a me desesperar. Ele disse que ia pegar a moto dele e se jogar na frente do primeiro caminhão que visse e mandou fotos para mim dirigindo a moto dele.
Enquanto isso, a Frals mandava mensagens para mim, ainda me chamando de palhaça ( eu não sei o que ele disse a ela, mas ela acreditou nele) e isso me fez perder a minha razão e fazer a coisa que eu mais me arrependo desse rolê todo. Eu escrevi:
"Frals querida, você viu as fotos que eu enviei? Ele estava na minha casa por pura e espontanêa vontade. Naquele dia nós transamos a tarde toda e como você pode ver nas fotos ele estava bem animado com tudo aquilo. Ele nunca me falou nada sobre você, pois se tivesse falado eu não teria ficado com ele, mas não vou mentir e dizer que não gostava dele, pois eu gostava, mas agora eu não quero ele mais, pode ficar com ele todinho para você. Uma pena só que eu não vou mais dar pra ele, ele f*** muito bem."
Ela surtou mais ainda e ele também. Ele me ligou, dizendo para eu parar de mandar mensagens para ela e falou que se eu bloqueasse ela, ele não ia se matar e eu o fiz.
Paramos de nos falar naquele dia e eu chorei, chorei... Chorei que não me lembro se desmaiei ou dormi. No outro dia, mais calma, passei o dia sem entrar nas redes sociais, quando anoiteceu, eu finalmente fui olhar o celular e tinha MUITAS mensagens dele me pedindo desculpas, dizendo que queria ter me contado dela e que ele queria me contar no dia que foi me visitar. Ele disse que queria continuar sendo meu amigo e que tinha realmente terminado com ela.
Ele me disse também que ele só namorou com ela, pq ela ajudou ele na época de depressão e que se sentia preso "eternamente a ela"... Eu perdoei ele e quando terminamos de conversar naquela noite, eu ainda chorei.
Duas semanas depois eles estavam namorando, oficialmente, divulgaram em todas as redes sociais e eu só consegui pensar em "Mano, por que não fizeram isso antes?".
Ele continuou tentando falar comigo, mas eu fui dando vácuo até parar de falar completamentecom ele e a Farls... Eu desbloquiei ela depois de uns meses, no fim, ela não fez nada de mal comigo, foi vítima igual a mim.
Eu juro que o que ele fez comigo me despedaçou totalmente, o choque da voz dele dizendo que ia se matar por minha causa e que eu tinha destuido a vida dele foi demais e eu fiquei muito mal por muito tempo. Fiz terapia, inclusive, e agora eu já estou bem.
E ai pessoal e tio Luba, nesse muído todo aqui... Eu fui babaca?
submitted by himawino to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.07 02:01 Just_a_Neko_03 Sou Babaca Por Tentar Tirar Minha Melhor Amiga De Um Relacionamente Abusivo?

Olá Luba, Editores, Gatas e Turma q está a ler. Sou amiga de uma menina a 12 anos, somos melhores amigas e já passamos por muito juntas, ela é como uma irmã pra mim e eu quero a melhor para ela. Esse ano a Carls ( Vou chamar assim pra censurar o nome dela ) Começou a namorar o Varls logo depois de sair de um relacionamento complicado, até ela falou q começou a namorar o Varls por carência. Eu pensei q tava tudo bem, e ela é do tipo q é bem aberta com os amigos, só q desde de q ela começou a namorar e eu n fui com a cara dele ( n q eu tenha kkk ) mas fiquei suave afinal o relacionamento era dela. Depois de uns meses namorando com ele, ela começou a agir estranha, ela me ligou as 2 da manhã bêbada falando q ele tinha terminado com ela e eu tentei convencer ela a ir dormir pra não fazer merda. No dia seguinte ela me disse q era uma pegadinha dele e q eles estavam juntos, o tempo passou, e aconteceu outra treta, a Carls ama usar roupas com um pouquinho de decote e a sogra dela disse q isso n era coisa de deus e tratou ela q nem lixo no dia q a Carls foi conhecer ela.O Varls em vez de defender, começou a dizer q ela era uma p*ta q ia morrer no inferno, disse q a pequena Carls dela era arrombada por ficar dando pra todo mundo e muitas outras coisas. Ele fico enxendo a cabeça dela disso, e no final quem tava se desculpando toda hora era ela. Ele parou de ser carinhoso depois q ele conseguiu o q queria e ela continuou atras dele. Ela vive chorando pq ele ta sempre discutindo e joga toda a culpa de tudo nela. Ele ficou puto com ela pq ela postou uma foto no facebook sozinha e uma ex amiga comentou, ele xingou tanto ela e ameaçou de varias formas ate ela apagar o comentário e eventualmente a foto. Ele fica controlando com quem ela pode ter amizades, as fotos q ela posta, com quem ela conversa e +. Eles tinham terminado de novo mas ela voltou pra ele pra agradar a vó e por medo da sogra querer tirar satisfação com ela.( Eu sempre tava tentando fazer ela ver q ele abusa dela mentalmente, humilha ela mas ela fala q eu to errada, já tentei diferentes meios de fazer ela abrir o olho mas ela nunca me ouve, sei q ela tem mais de 5 chifres mas ela não acredita em mim mesmo eu tendo mostrado literalmente um video dele beijando outra e muito mais )Quando ela me deu as noticias q no caso foi ontem, eu tinha bebido umas e acabei falando oq não devia ( Eu n sei como colocar print, primeira vez aqui ;-; ), fui grossa e acabei soando idiota e eu sei disso, até mesmo q desculpei com ela e ela aceitou, mas agr estou sabendo q eles estão planejando casar e eu sei q n vai demorar muito pra ele levantar a mão pra bater nela já q ele ja deu um tapa na cara dela... então, sou babaca por tentar separar os dois? Desculpa se a historia foi confusa ;-;
Edit 1: Conversei com ela hoje novamente e ela está com medo de estar grávida dele. Obs: Ela é menor de idade
submitted by Just_a_Neko_03 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.30 04:20 kathgomesz O ameaçador

Olá lubixco, queridos editores, falecidos papelões e turma que está a ver, quero saber se fui a babaca por me preocupar e me intrometer com coisas da minha amiga (colega hoje em dia). Minha história que não é minha mas é minha aconteceu ano passado, eu tinha uma amiga (vamos chamar ela de Lars) e ela tinha um "namorado" (que vamos chamar de Carls), Carls tinha pedido nudes para Lars e a tonga enviou com o rosto, depois disso Carls começa a ameaçar de postar esses nudes em sites de pornografia com o @ do instagram de Lars, quando isso aconteceu eles não "namoravam" ainda (está entre aspas pq era webnamoro), mas mesmo que isso tinha acontecido a Lars se apaixonou pelo Carls e começaram a namorar, até aí meio que tudo ok né... Lars não cansada de fazer merda marca de ver um cara em uma praça para "indicar músicas", pelo menos foi o que ela disse, e acaba pagando um boquete para esse cara que vamos chamar de cara da praça (obs. O cara da praça era CASADO), como eu disse, Lars não cansava de fazer merda e passou o LOGIN do Instagram pro webnamorado ameaçador (LEMBREM DISSO) dela que percebeu que tinha bastante garotos no nosso grupinho e decidiu que ia mandar Lars ficar longe deles e que ia começar a ameaçar os meninos, entre esses meninos tava o meu melhor amigo que gostava da Lars e era amigo dela. Sempre que meus amigos perguntavam pra mim o que deviam fazer sobre Carls eu falava pra eles mandarem tomar no cu, buuuttt eles achavam que eu tava louca por isso pq o cara era bombado e os caralha4, enfim, no fim do ano teve um Sarau e eu tirei fotos com meus amigos, incluindo a Lars e "ela" me pediu pra enviar essas fotos no INSTAGRAM que o Carls tinha o login, porém eu sabia que Carls tinha a senha e Carls já tinha se passado pela Lars conversando cmg no Facebook, e sim ele também tinha o login do Facebook dela, continuando, eu queria saber se eu tava realmente falando com Lars ou era o escroto do webnamorado dela, aí perguntei, mas é claro que ele ia falar que era ela né, aí pensei em perguntar se ela tava melhor por ter passado mal na escola mas ELA NÃO TINHA PASSADO MAL NA ESCOLA, e aí foi que descobri que era o Carls, minha conversa com ele em prints ta no link (foi bem conversinha de criança)... Depois de eu ter falado com ele JÁ QUE ELE AMEAÇAVA AMIGOS MEUS, incluindo meu MELHOR AMIGO, a Lars ficou bravinha comigo e nem foi na premiação de um trabalho que ela tinha participado do meu grupo pq eu estaria lá (ganhamos inclusive). Fui a babaca por ter defendido meus amigos já que eles não tinham coragem pra falar com o Carls?
PRINTS
submitted by kathgomesz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.23 03:01 drek92 (FEIO) Me preocupo com os outros

Bom, não sei por onde exatamente começar. Quinta-feira, da semana passada, apaguei o meu facebook e o Instagram, estava fazendo mal pra minha saúde mental, tinha mania de ficar fazendo comparações tanto esteticamente quando financeiramente, bom, imagino que todos passam por isso. Toda vez que eu postava uma foto, ficava preocupado com quantas curtidas eu tinha, e no final quando eu via quantas eu recebia, ficava um pouco pra baixo. Eu me acho feio, mas em contrapartida, outras pessoas me acham bonito, falam que sou parecido de fisionomia com o Henry Cavill, principalmente com Adam Lavine ou ator da série YOU, da netflix. No tempo de faculdade, eu tinha saído de um relacionamento e uma amiga veio me consolar, me ajudando a superar e etc, e como todos sabem, final de relacionamento a gente sempre pensa: "Ninguém vai me querer, nunca vou encontrar alguém como a fulana, o sexo era muito bom, vou sentir saudade e blá blá blá..." Bom, eu falava pra ela que me acho feio, e ela dava risada, diz que eu deveria começar a olhar pros lados, pq o que eu digo não é verdade e que apenas estou com a autoestima baixa.
Depois dessa introdução, desde que entramos em quarentena, eu refleti várias coisas sobre a minha vida, e até sobre a vida dos outros, enquanto escrevo esse texto, imagino que milhões ou até bilhões de pessoas estão sofrendo por ai, sofrendo por amor, sofrendo por uma morte de um ente querido por causa do Covid-19, sofrendo por discussões com familiares, sofrendo por estar em depressão ou na solidão, sofrendo por não ter amigos ou uma namorada ou alguém pra compartilhar momentos, enfim, diversos sofrimentos que são inúmeras.
O ponto que eu quero chegar é sobre a beleza, sim a beleza física, estética, a beleza exterior. Ultimamente vejo vídeos de psicologos e psiquiatras, nessa quarentena fiz uma maratona de videos do canal Neurovox, do psiquiatra Pedro Calabrez (não sei se vocês conhecem), ele se baseia em tudo que é cientifico, como por exemplo: Como superar uma relação, (nome do vídeo é "a dor do coração partido") E ETC... enfim, esse post não é sobre relacionamento mas sobre as dores das pessoas sobre a estética.
Em algum vídeo dele vejo pessoas totalmente desanimadas com a própria aparência, provavelmente é em algum vídeo sobre se afastar das redes sociais e comparações com outras pessoas nas redes sociais, e isso me levou a pesquisar afundo em blogs, videos no youtube e etc.
Teve um camarada, daqui do Reddit, que escreveu um post dizendo que odeia pessoas bonitas, e etc, cara, aquilo mexeu comigo por dentro. Sou uma pessoa muito empático, e me imaginei na pele dele, e me imaginei na pele de outras pessoas, pessoas que comentam e que eu consigo sentir, através das letras, o sofrimento da pessoa em saber que é feia, que não têm os atributos que a sociedade procura e que nunca irão se relacionar com as pessoas. Hoje foi o estopim pra eu desabafar sobre isso pq estava assistindo um video de um canal Alphalife e o nome do titulo é: " Se Você É Feio, Pobre e Tímido, Faça Isso..." vi os comentários das pessoas e aquilo me deixo tão, mas tão mal que não sei descrever pra vocês. Um dos comentários que me marcou foi de um camarada que dizia assim: "Eu sou muito feio, e sinto raiva de mim, tenho 1,65, tenho uma cabeça pequena, corpo pequeno "meio" que esguio, entrei pra academia pra ver se melhorava mas ficava totalmente desproporcional, parecia que meu corpo crescia mas minha cabeça ficava muito pequena..." e bom ele disse outras coisas que me fez colocar no lugar dele, pelo comentário dava pra ver o sofrimento desse rapaz. Se tiverem sorte procurem lá o comentário....
Tenho amigos e amigas de outros estados, sou de Porto Alegre, e quando comento com eles, quando digo que sou feio, eles tiram sarro de mim, o que mais falam é: "Fulano, tu é o cara mais sortudo desse país, tu mora no paraíso, aliás, se tu morasse aqui, tu farias sucesso com as mulheres", bom, quando dizem que moro no paraíso, vocês imaginam que Rio Grande do Sul só têm pessoas bonitas (bom realmente têm, mas as mulheres se acham e são estupidas só pq são bonitas, têm grana e etc, e isso vale para os homens também).
Como eu falei anteriormente, eu me acho feio, mas outras pessoas me acham bonito, até lindo me chamam. Daí vocês devem tá se perguntando, mas se as pessoas te acham bonito, pq não aceita? a reposta é, não sei, me acho normal, tenho 1,76, sou formado (enfermeiro), tenho 28 anos, faço academia pra manter o corpo em forma e manter minha saúde mental saudável - meus pais tiveram AVC (AVE cientifico); meu pai teve o hemorrágico ficou com sequela, minha mãe o isquêmico, não ficou com sequela - então, tenho a pretensão de ter AVC, e por isso, faço academia, mas não fico tirando foto do espelho pra postar nas redes (não tenho mais). Pela genética, meu cabelo é ralinho (mas tenho cabelo), tenho as "entradas", quase que iguais do ator Henry Cavill ou do ator que faz a série YOU da netflix, (pra terem uma ideia) elas não são tão acentuadas, e nunca me incomodaram, até pq tive 4 namoradas, isso nunca foi um empecilho. Meu pai é feio (sim ele é, até quando jovem, vi por fotos), em contrapartida, minha mãe era linda, ela têm fotos guardadas até hoje, vocês não têm noção de quão linda ela era, ela mesmo dizia que, poderia ter tido qualquer homem aos pés dela, e de fato, as amigas e irmãs dela me falam isso direto. Pode ser que essa "beleza" herdei dela, minha irmã é linda, principalmente quando era adolescente e mais jovem, os caras babavam por ela.
Dito tudo isso, mesmo me achando feio, tenho sorte de ter herdado essa "beleza" da minha mãe, mesmo meu pai sendo feio. Mas o desabafo é, eu sinto pena das pessoa que realmente não conseguem se relacionar, não conseguem uma namorada ou até mesmo sexo pq a outra pessoa se importa muito com a aparência. Bom, a verdade seja dita, sim, principalmente nos dias atuais as pessoas se importam com aparência, ninguém namoraria com alguém feio, alias eu já namorei, sempre caguei pra opinião alheia, e essa questão de que BELEZA É RELATIVO, DESCULPA, MAS NÃO É RELATIVO NADA.
Além de ser um desabafo, gostaria de saber da opinião de vocês? Vocês têm amigos ou amigas que são feios e que, sofrem por isso? Eu sinceramente não consigo me expressar muito bem, mas, o que posso resumir de tudo que falei é, eu fico com muita pena das pessoas que não conseguem se relacionar amorosamente pq a beleza física impede que isso aconteça. Vejo comentários tanto aqui no Reddit, quanto nos videos do Youtube pessoas infelizes com suas aparências. Quando ando pela rua com alguma amiga ou amigo, sempre tem um que fala: "Olha ali, o fulano é feio, não ficaria ou me relacionaria com ele/ela" Daí de imediato eu me coloco na pele da outra pessoa e tento imaginar o quão dolorido isso deve ser, as pessoas falarem isso.
Por mais que eu seja jovem, "bonito" para outras pessoas, formado, tive 4 relacionamentos, pra mim, as 4 ex namoradas eram bonitas, aproveitei o sexo, o sexo era maravilhoso, mas e as pessoas que são "feias", será que elas tiveram esse privilegio de amar e serem amados? Não sei como expressar, com o falei.
Eu tento ao máximo não me comparar fisicamente e financeiramente com outras pessoas, até pq, tem um vídeo desse psiquiatra que mencionei anteriormente que é "PARE DE SE COMPARAR COM OS OUTROS" e " PARE DE SE INTERESSAR PELA VIDA DE PESSOAS QUE NÃO FAZEM DIFERENÇA NA SUA", e esses videos me ajudaram muito, além de me dar forças pra excluir as redes sociais, me dá força de não me comparar com ninguém, mas eu sou tão empático que além de me colocar no lugar da pessoa eu não consigo em não me comparar com outra pessoa, gostaria profundamente que todos, TODOS, fossem bonitos e assim, ninguém sofreria, e teríamos TODOS uma vida feliz aqui na terra, lembrando que estamos apenas de passagem e que a vida está passando rápido demais, quase que em um piscar de olhos, e olha que tenho 28 anos, e to percebendo isso.
Forte abraço pra quem leu.
submitted by drek92 to desabafos [link] [comments]


2020.06.22 03:20 Joao-Leao-277 Fiz minha namorada cortar relações com o melhor amigo dela (podem julgar e dar conselhos)

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 23:32 Joao-Leao-277 Fui babaca por fazer minha namorada cortar totalmente o contato com seu melhor amigo?

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal principalmente pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 23:21 Joao-Leao-277 Fui babaca por fazer minha namorada cortar totalmente o contato com seu melhor amigo?

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal principalmente pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to EuSouOBabaca [link] [comments]


2020.06.19 17:31 -Galactic_Cat- Não consigo lidar com o passado

Ontem eu convidei uma amiga pra assistir star wars em casa, foi maravilhoso, fiquei bem a vontade e satisfeito. Porém toda manha me sinto mal pelas meninas do meu passado, todas as meninas q gostei na escola me deixaram na friendzone e direto fico abrindo foto dela no celular, seja no zap, insta ou facebook.
E o q me deixa mais triste são as bem sucedidas, cursando advocacia, publicidade, medicina veterinária e eu? Tecnologia da informação... :/
Eu quero relaxar, tirar esses 3 anos da faculdade pra sossegar um pouco, tirar mais noites pra ser afagado enquanto assiste star wars e escuta sua amiga falar sua proza característica. Isso me deixa apreensivo de criar o "complexo de madona-prostituta".
Obrigado pra quem leu até aqui
submitted by -Galactic_Cat- to desabafos [link] [comments]


2020.06.14 03:05 KiffaMuniz Nice Cosplayer

Oi Lubtcho, editores, não convidado e turma que está a ver
(me faz com sotaque gaúcho pq eu nunca consigo fazer, é meu sonho ashuashausa)
Sou cosplayer desde 2015. No primeiro evento que fui encontrei um cara de um personagem que era do mesmo anime que eu estava fazendo cosplay e tiramos umas fotos (essa informação é bem importante). Eu o vi no máximo um ou dois eventos depois só e ele sumiu, parou de fazer cosplay.
Cortamos pra 2020. Minha amiga me manda posts de uma conta no insta que postou essas fotos que tirei lá em 2015 com esse rapaz. Descobri que a conta era do mesmo rapaz e em nome da nostalgia em vez de pedir pra ele me cortar ou apagasse sa fotos de vez eu pedi pra ele me mandar para que eu pudesse, primeiro passar num app que melhora a resolução e segundo pintar minhas sobrancelhas. Já que eu estava de peruca colorida e na época não sabia pintaesconder sobrancelha. E até hj isso é uma especie de insegurança para mim, uma vez que no meio cosplay tem muita coisa toxica e aquele famoso meme "expectativa vs realidade" onde colocam um cosplay fodão lá do Japão na expectativa e sua foto no realidade e ficam te zoando e xingando no facebook. Por isso nem uso ou falo meu nome real nas coisa de cosplay pra ninguém achar minhas redes pessoais e eu só poder sumir desativando/deletando tudo da internet qnd preciso.
Mas eu nunca mesmo editaria meu rosto ou corpo, sou totalmente contra só que o cara já me julgou me chamando basicamente de mimizenta com beleza. Ok, deixei passar e mandei as fotos editadas pra ele. Ele postou, mas antes mesmo dessa briga q vcs verão nos prints ele já tinha apagado pq segundo ele eu tava mentindo pras pessoas, pros seguidores só pq eu queria pintar as minhas f*ucikng sobrancelhas.
Agora em junho é mês do orgulho LGBT e eu sou assexual arromântica e decidi fazer uma maquiagem nas cores das minhas bandeiras e tirar fotinha bem brogueira e postar com textos explicando sobre minha orientação sexual e identidade romântica. E é aí o bonito veio na minha DM se oferecer de namorado se um dia eu quiser. Respirei fundo e respondi com toda educação do mundo, tô bem didática esses dias e sei que assexualide e arromanticidade ainda são temas pouco conhecidos mesmo dentro da comunidade LGBT.
Aí eu como estou nessas vibes visibilidades, postei print no storie preservando a imagem dele, mas avisando pras pessoas "olha num falem essas coisas para pessoas arromânticas, eu literalmente acabei de fazer um post sobre isso, e a pessoa só focou no fato e que eu não gosto de fucfuc ou penso em me casar. Assim, nem todo lgbt tem saco ou acha que deve ficar te explicando as coisas, não custa dar um google sobre oq signfiica cada letrinha e evitar receber grosseria de graça." E eu ainda finalizei dizendo que expliquei pra pessoa e q ela pareceu entender e então o objetivo com tudo isso de visibilidade e conscientização foi alcançado. (Obs: eu ja costumo fazer uma especie de nice guys nos meus stories, sempre tampando o nome, pq eles são algo recorentes pra nós cosplayers. Otaku tem q acabar! rs)
Mas oh engano achando q ele tinha aprendido
Segue prints da transmutação do cosplayer otaku fofinho nico nico ni quero te namorar pra nice cosplayer que me arrependo de ter tirado foto.
Obs1: eu nunca mexi em reddit, fiz um só pra isso e não sabia q não era no nhaa q se postava os nice guys, por isso o erro ai no final dos prints
Ob2: como cosplayer oq não me falta é nice people na DM, se quiserem mando mais dos que ainda tenho print
Bjú se vcs quiserem
Aro = arromanticos
PRINTS: https://imgur.com/gallery/rdwiz6C
Ps1: Luba (e todo mundo ai) indico fullmetal alchemist (o clássico e brotherhood, nessa ordem) pra qnd tu ficar sem anime pra ver e /ou quiser começar um novo muito bom
submitted by KiffaMuniz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 20:20 Snoo8844 Treido pelo ex e a Naja amiga

[A TRAIÇÃO DO MEU NAMORADO COM A MELHOR AMIGA] (Sou do nordeste, aprende a fazer o sotaque direito poxa)
olá lubisco(sonho em casar contigo), editor (gato gostoso), pessoas a ver, possíveis convidados seres binários e não binários, olá mãe, tia e avó, enfim...
Eu sou G-A-Y (escrevi assim pq tenho orgulho), e me descobri aos 14 anos de idade, passei por vários processos com minha família que não vem ao caso agora, aos 15 eu conheci um menino que era PROFESSOR no cursinho que eu fazia estágio, e a gente na hora do almoço comia junto tendeu? Hahahaha Fomos nos aproximando mais e mais até que um dia ele escreveu uma carta pra mim me pedindo em namoro, eu aceitei e começamos a namorar. Nos dois primeiros anos foi ótimo até que (editor coloca efeito de avançar dois anos aí? Obrigado amado, depois te mando um nudes, brincadeira ksksksksks) Até que eu conheci uma menina num grupo do Facebook, como eu havia dito no começo eu tive uns persegues com minha família, e eu participava de grupos de auto ajuda no Facebook, que foi onde é conheço o desmantelo da minha vida, se eu soubesse teria mandado ela ir pra casa do baralho antes... Mas voltando a história, eu conheci ela e ficamos próximos, (avança mais dois anos) no quarto ano de namoro, eu comecei a desconfiar de certas atitudes deles (da Naja com meu ex), tipo, eu estudava em escola integral, entrava pela manhã e saia a noite, e ELA PASSAVA O DIA NA CASA DELE, aí eu comecei a desconfiar, foi quando eu comecei a dar corda (investigar aqui no nordeste) e deixar os dois mais a vontade, FOI AÍ QUE EU DESCOBRIR TUDO (faz voz de choro) Eu larguei da escola e fui pra casa dele, eu tinha a chave de lá, entrei sem fazer barulho, porque eu sabia que eles estavam lá, mas as luzes estavam todas apagadas, procurei eles pela casa toda (a casa tinha 3 andares) e encontrei os dois lá em baixo desnudos, do jeito que vinheram ao mundo, carls e Darls FAZENDO SEXU cara, meu mundo caiu, eu virei as costas pra eles e fui embora (eu nunca fui de fazer barraco nem de brigar, sempre odiei discutir com alguém), fui embora pra casa de tia Carminha... No outro dia ele (o ex descarado) começou a falar comigo pelo Facebook, me mandou vários print da conversa deles mostrando que ela queria separar a gente, foi aí que eu decidi não me segurar mais, mandei um FUCK YOU MATHERFUCK e bloquiei ele até hoje...
Beijos lubisco, te amo, quero casar contigo, se tiver interesse em saber quem sou eu, vou deixar aqui meu instagram, aceita meu pedido e casa comigo, eu sou tão e boa, diz a tia carminha que eu já amo ela como sogra...
submitted by Snoo8844 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 00:44 nathy_eucom_y Sou babaca por não querer ser a madrinha do filho da minha "amiga" que roubou meu namorado ?

Olá Luba, editores e turmisca eminhaprimeiravezaquiblablabla.
Toda vez que eu conto essa história para alguém as pessoas comentam que é ABSURDA, pois é, entao não vou enrolar e espero que tu esteja sentado. Bom eu tinha uma super amiga, aquelas que você consegue no fundamental e vira inseparável? Então era a gente, ela ia na minha casa, conversava com minha mãe, que não gostava muito dela, hoje eu entendo o porque. Enfim a gente não conversava sobre garotos porque tínhamos preferências diferentes, o que era ótimo pq eu pensava que nunca ia acontecer da gente gostar do mesmo cara. KKKKKKKN só continua lendo Em tal ano do ensino médio a gente mudou de sala, e eu conheci um garoto, ele me deu bola e eu joguei de volta e a gente ficou muito próximo, eu falei dele para ela que ficou super empolgada pq fazia um tempo que eu não falava de ninguém. Ela pediu o contato dele e o Facebook, falou que a gente tava demorando muito pra desenrolar as coisas. Fiquei meio confusa mas passei, ela no mesmo dia chamou ele, fiquei sabendo pq eu ficava com o celular de todo mundo na ed fisica pq eu tinha asma e estava liberada dessa aula, eu via que chegava mensagem dela, bastante inclusive, ela add ele no Facebook, curtia e comentava tudo que ele postava, achei estranho? Claro mas deixei pra lá. Eu sai com ele várias vezes e foi muito legal, estava realmente rolando alguma coisa, a gente tinha ate ficado mais de uma vez, um certo dia ela falou que ele tinha comprado uma aliança, eu fiquei muito feliz mas preocupada pq não sabia se queria começar um relacionamento com ele, na mesma tarde ele me chamou e disse que tinha algo importante para dizer, e eu fiz um mini texto falando que gostava dele e que se ele quisesse algo serio, por mim tudo bem, SORTE que eu não tinha enviado pois como demorei responder ele mesmo disse. Falou que ESTAVA NAMORANDO ESSA MINHA AMG. Fiquei de cara, como assim???? Ele falou que aconteceu, eles conversaram bastante últimos tempos, me pediu desculpa se passou uma impressão errada, falei que tudo bem, não me devia desculpas, e perguntei se podíamos continuar amigos, ele disse claro que sim. Fiquei bem chateada porém não fui tirar satisfação com ela, no outro dia ela postou uma foto com ele no Instagram supondo que eles estavam namorando, eu não curti a foto pq SEI LÁ, eu não estava feliz, me senti traída Ela me chamou no insta e perguntou se eu tinha visto, falei que sim mas fiquei chateada. Ela explodiu, disse que era para eu ficar feliz por ela, que eu estava com inveja e que a decisão final era dele, ela não tinha culpa de ter sido escolhida. Fiquei bem chateada mas aceitei disse tudo bem, espero que sejam felizes mas não quero continuar sendo sua amg pq não é a mesma coisa. Claro que ela surtou mas eu nem respondi Com o tempo esse cara(que era namorado dela) não me respondia, a gente não saia mais, quando questionei ele disse que essa minha "AMG" não gostava de nós juntos. Achei um pouco irônico pq ela literalmente fez o mesmo mas ok. DOIS ANOS DEPOIS. Dia 9 de agosto do ano passado ela me chamou no Whatsapp, perguntou como eu estava, eu disse que estava bem, tinha me mudado e tals, e ela disse que estava grávida dele e que queria se eu fosse a madrinha, e a cereja do bolo foi ela dizer que sem mim, eles nunca teriam se conhecido. Fiquei muito surpresa, agradeçi mas disse que eu não me sentia confortável, pois eu levo amizade muito a serio, nunca faria o que ela fez, tanto que quando eu gostava de alguém, ela ficava afim da pessoa e eu abria mão pois amizade vale mais que macho. Bem ela não reagiu muito bem, falou que eu tinha que superar isso, já faz anos e pq eu não podia ser feliz por ela pelo menos uma vez. Eu pedi desculpas e disse sinto muito, felicidades para o bb mas eu passo. Então, eu fui babaca por negar ser a madrinha depois de tudo que ela fez?
●●Aqui tem a conclusão da história, façam o julgamento primeiro e depois leiam que final deu a história ●●
E depois eu não tive notícias, até que um mês depois ele me chama(o namorado dela) e fala que era para desconsiderar o convite pois ele descobriu que ela não estava grávida, ele queria terminar e ela não aceitou, disse que estava grávida para ele não abandonar ela, mas quando ele colocou ela contra a parede ela confessou tudo. Ele também me disse que ela falava muita coisa ruim de mim quando estavam se conhecendo, e também apagou meu número do celular dele e me bloqueou de todas as redes sociais dele. No fim ele abandonou ela, e no mesmo dia ela me chamou no Instagram onde eu tenho os print ate hoje Essa é a minha história louca de uma amizade super saudável e nada tóxica Amo você lubiscou bjs maior que dois
View Poll
submitted by nathy_eucom_y to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 01:07 sadyca Exposed no ex que me passou HPV

Oi lubisco, editores, gatas, papelotes mortos, convidados (se tiver) e turma que está a ver. Bom, essa história não é algo que aconteceu, é algo que quero muito fazer mas primeiro vamos de contexto: Estava eu lá com meus míseros 15(?) anos e ficando com um carinha que eu achava muito atraente, que ele era um lixo humano todos a minha volta já sabiam mas eu era apaixonada por ele, meio que obcecada... enfim, começamos a ter um lance sério porém nunca foi titulado como 'namoro', apenas na minha cabeça ingênua. Ele vivia me falando das suas experiências amorosas/sexuais inclusive com uma "amiga" minha (história pra outro dia). Oq me deixava puta e um tanto descompensada é que ele meio que falava valorizando as meninas que "deram a raba" pra ele e sempre me deixando de segunda opção por não fazer isso por ele, aí vem o erro, eu era virgem, perdi minha virgindade com ele, sem proteção pq tomava anticoncepcional e ele "detestava peesevativo" ¬¬ Burra e inexperiente que era, só deixei ele me guiando nessa minha descoberta sexual, oq eu não sabia é que ele ainda mantinha relações sexuais com outras garotas, oq me causou muitos problemas, por exemplo, A PORRA DE UMA DST!!
No aniversário dele eu tive a brilhante ideia de expor tudo, de forma anônima numa página do Facebook que serve para mandar recados, indiretas e declarações de amor tudo oq ele me causou, o como o relacionamento que tive com ele, a obcessao, como foi totalmente prejudicial pra mim, pq infelizmente ele ainda é visto como um galã...
Minha pergunta é: Seria babaca se eu mandasse o recado no "Correio Anônimo" (nome fictício) o seguinte "Queria desejar um feliz aniversário para Carls Varls, muita prosperidade e saúde para essa sua vida infeliz. E para todas as meninas que já tiveram algum tipo de relacionamento com esse cara, eu desejo uma visita ao ginecologista e um teste de HIV, e dsts afins, para ver se está tudo certo com sua saúde :)"?
View Poll
submitted by sadyca to TurmaFeira [link] [comments]


Configurar o que eu quero ver do meu amigo do Facebook ... COMO DESBLOQUEAR UMA PESSOA DO FACEBOOK Como Criar ou Excluir Uma Página no Facebook - YouTube Amiga falsa no Facebook! - YouTube Para saber tudo o que alguém posta ou comenta no facebook deixe esta pessoa 'amigo' como favorito como mudar a foto do perfil de outra pessoa no facebook ⏺️COMO DESBLOQUEAR UM AMIGO NO FACEBOOK PELO CELULAR ANDROID/ #01 DESCOMPLICA FACEBOOK Como deletar e bloquear e desbloquear um amigo no Facebook

Como colocar uma pessoa do meu facebook em amigos em comum?

  1. Configurar o que eu quero ver do meu amigo do Facebook ...
  2. COMO DESBLOQUEAR UMA PESSOA DO FACEBOOK
  3. Como Criar ou Excluir Uma Página no Facebook - YouTube
  4. Amiga falsa no Facebook! - YouTube
  5. Para saber tudo o que alguém posta ou comenta no facebook deixe esta pessoa 'amigo' como favorito
  6. como mudar a foto do perfil de outra pessoa no facebook
  7. ⏺️COMO DESBLOQUEAR UM AMIGO NO FACEBOOK PELO CELULAR ANDROID/ #01 DESCOMPLICA FACEBOOK
  8. Como deletar e bloquear e desbloquear um amigo no Facebook

Entre no meu canal para videos atualizados Melhor visualizado em tela cheia! Como deletar e bloquear um amigo no Facebook. Como Ver Uma Pessoa Que Você Bloqueou No Facebook - Duration: 1:13. Canal Pilots 18,409 views. 1:13 'App facebook' para celular usuários bloqueados ... Aprenda como criar ou excluir uma página no facebook. Como Criar ou Excluir um Grupo no Facebook: https://youtu.be/WiyvfhYUgjg Como Compartilhar Vídeo do You... 📲 Como desbloquear um amigo no Facebook Se você bloqueou uma pessoa no Facebook e quer desbloqueá-la, Assista esse vídeo que iremos lê ajudar, com quem você ... video no facebook como, deletar relacionamento o que é, cancelar fazer um criar uma conta novo no celular dicas, fazer musica no aplicativo do facbook exclui... Quem nunca fez isso no facebook que atire a primeira pedra! vou ensinar a como mudar a foto de outra pessoa no facebook. clica em gostei e clica se escrever. Para saber tudo o que alguém posta ou comenta no facebook deixe esta pessoa 'amigo' como favorito Saiba tudo o que seu amigo posta ou comenta no facebook Meu facebook: https://www.facebook.com ...